Vettel vence liderando o 1-2 da Ferrari em Cingapura

Sebastian Vettel finalmente venceu – após um jejum de 23 GPs, desde a Bélgica em 2018 – e liderando um 1-2 da Ferrari, coisa que não acontecia desde o GP da Hungria de 2017. Esta foi a quinta vitória do alemão neste circuito, e sua 53ª na categoria.

O GP de Cingapura ainda contou com a presença de Max Verstappen da Red Bull no pódio. As Mercedes apareceram “apenas” em quarto e quinto, algo que não é exatamente o normal para a equipe que tem os dois pilotos com maior pontuação da temporada, além de ser a equipe que lidera por ampla margem o Campeonato de Construtores.

Lewis Hamilton ficou à frente de Valtteri Bottas, à frente do piloto tailandês Alexander Albon, pilotando a segunda Red Bull. Lando Norris, da McLaren, e Pierre Gasly, da Toro Rosso, completaram o Top 8 deste GP.

Este GP marcou outras situações que não acontecem sempre. A primeira é que pela primeira vez na temporada uma Williams não chegou ao fim da corrida – foi a de George Russell, que foi abalrroado e bateu no muro.

A segunda é que a volta mais rápida foi de ninguém menos que Kevin Magnussen, da Haas. Mas o inusitado desta última situação, é que Magnussen já tinha feito a volta mais rápida nessa mesma pista, no ano passado. Foram as únicas voltas mais rápidas do dinamarquês na F-1, onde corre desde 2014.

Veja o Resultado Completo do GP de Singapura
Veja o Histórico Completo deste Circuito
Veja um Resumo de como ficou a Temporada da F-1
Veja como ficou o Campeonato de Construtores
Veja como ficou o Campeonato de Pilotos
Veja os Resultados dos Pilotos nesta Temporada
Veja como ficou a Batalha entre Companheiros de Equipe

#PilotoNac.EquipeTempo
Sebastian VettelALEFerrari61 voltas
Charles LeclercMONFerrari+2,641s
Max VerstappenHOLRedBull+3,821s
Lewis HamiltonINGMercedes+4,608s
Valtteri BottasFINMercedes+6,119s
Alexander AlbonTAIRedBull+11,663s
Lando NorrisINGMcLaren+14,769s
Pierre GaslyFRAToroRosso+15,547s
Nico HulkenbergALERenault+16,718s
10ºAntonio GiovinazziITAAlfa Romeo+17,855s

— A Classificação ——

Charles Leclerc levou a pole para o GP de Cingapura, 15ª etapa da Fórmula 1 em 2019, se tornando o piloto que mais vezes largou da pole nesta temporada. Ele chegou à sua quinta pole – terceira consecutiva – superando as quatro da dupla da Mercedes, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.

Hamilton vai largar ao seu lado na primeira fila do grid, após ter ficado 0,191s atrás do monegasco. Da segunda fila largarão Sebastian Vettel, que foi 0,376s mais rápido que a Red Bull de Max Verstappen.

Bottas conseguiu apenas o quinto lugar do grid e terá Alexander Albon, com a outra Red Bull, largando ao seu lado na terceira fila.

As McLarens de Carlos Sainz Jr e Lando Norris ficaram separadas pelas Renault de Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg.

Ricciardo entretanto foi punido após a classificação, porque o MGU-K (Sistema de recuperação de energia cinética) de seu carro fornecia mais energia elétrica do que o permitido pelo regulamento. O australiano vai largar da última posição do grid na corrida deste domingo.

Veja o Grid Completo para o GP de Cingapura
Veja o Histórico Completo deste Circuito
Veja um Resumo de como está a Temporada da F-1
Veja como está o Campeonato de Construtores
Veja como está o Campeonato de Pilotos
Veja os Resultados dos Pilotos nesta Temporada
Veja como ficou a Batalha entre Companheiros de Equipe

» Veja abaixo os melhores na classificação:

#PilotoNac.EquipeTempo
Charles LeclercMONFerrari96,217s
Lewis HamiltonINGMercedes96,408s
Sebastian VettelALEFerrari96,437s
Max VerstappenHOLRedBull96,813s
Valtteri BottasFINMercedes97,146s
Alexander AlbonTAIRedBull97,411s
Carlos Sainz JrESPMcLaren97,411s
Daniel RicciardoAUSRenault98,095s
Nico HulkenbergALERenault98,264s
10ºLando NorrisINGMcLaren98,329s

FJPB168

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=10471

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com