F1 em Suzuka: Bottas vence com folga

Valtteri Bottas conseguiu vencer sua primeira corrida no GP do Japão, e com uma boa folga, já que chegou mais de 13,3s à frente de Sebastian Vettel. Foi a sua terceira vitória na temporada 2019 da Fórmula 1, e sua sexta na categoria onde corre desde 2013.

O pódio japonês foi completado por Lewis Hamilton, que chegou à 0,515s de Vettel. O piloto inglês fez a volta mais rápida da corrida, completada em 1min30,983s, e liderou 9 voltas. Neste quesito Bottas liderou as outras 43 voltas disputadas, já que a prova terminou uma volta a menos, por erro no painel de controle da prova.

Com esses resultados Hamilton terá que esperar pelo menos o GP do México, para ser coroado hexacampeão, já que agora só sobrou o companheiro Bottas para disputar o campeonato.

Alexander Albon foi a melhor Red Bull na corrida, enquanto seu companheiro, Max Verstappen foi o único a abandonar a corrida, após sofrer um choque de Charles Leclerc, que acabou punido duas vezes nesse incidente logo na primeira curva, que perdeu 5 segundos pelo choque e mais 10 por ter ficado muitas voltas na pista, jogando detritos na pista e que quebraram o retrovisor de Hamilton, terminou na sétima colocação.

Carlos Sainz Jr cruzou a linha de chegada em quinto, com Daniel Ricciardo em sexto.

Com os resultados na Japão, a equipe Mercedes chega aos 612 pontos e chega a 179 pontos de vantagem sobre a Ferrari, não podendo mais ser alcançada. Assim a Mercedes chega ao seu sexto título de campeã no Campeonato de Construtores.

Veja o Resultado Completo do GP do Japão
Veja o Histórico Completo deste Circuito
Veja um Resumo de como ficou a Temporada da F-1
Veja como ficou o Campeonato de Construtores
Veja como ficou o Campeonato de Pilotos
Veja os Resultados dos Pilotos nesta Temporada
Veja como ficou a Batalha entre Companheiros de Equipe

#PilotoNac.EquipeTempo
Valtteri BottasFINMercedes52 voltas
Sebastian VettelALEFerrari+13,343s
Lewis HamiltonINGMercedes+13,858s
Alexander AlbonTAIRedBull+59,537s
Carlos Sainz JrESPMcLaren+69,101s
Daniel RicciardoAUSRenault-1 volta
Charles LeclercMONFerrari-1 volta
Pierre GaslyFRAToroRosso-1 volta
Sergio PerezMEXRacing Point-1 volta
10ºNico HulkenbergALERenault-1 volta

» Vettel lidera 1-2 da Ferrari no Q3

A Ferrari surpreendeu no classificatório para o GP do Japão, 17ª etapa da temporada 2019 da Fórmula1, e assegurou a primeira fila do grid, com Sebastian Vettel obtendo sua quinta pole nesse circuito.

Foi a segunda pole do alemão na temporada e a 57ª pole de sua carreira na categoria, onde corre desde 2007. Charles Leclerc não conseguiu ser páreo para o companheiro, e ficou com um déficit de 0,199s para Vettel.

Da segunda fila larga outra dobradinha, agora da Mercedes, que viu Valtteri Bottas superar Lewis Hamilton. Da terceira fila outra dobradinha se formou, com Max Verstappen deixando para trás seu companheiro na Red Bull, Alexander Albon.

Finalmente a quarta fila viu mais uma dobradinha, esta da McLaren, que foi liderada por Carlos Sainz Jr, que ficou à frente de Land Norris.

Veja o Grid Completo do GP do Japão
Veja o Histórico Completo deste Circuito
Veja um Resumo de como está a Temporada da F-1
Veja como está o Campeonato de Construtores
Veja como está o Campeonato de Pilotos
Veja os Resultados dos Pilotos nesta Temporada
Veja como ficou a Batalha entre Companheiros de Equipe

» Os tempos do Q3:

#PilotoNac.EquipeTempo
Sebastian VettelALEFerrari87,064s
Charles LeclercMONFerrari87,253s
Valtteri BottasFINMercedes87,293s
Lewis HamiltonINGMercedes87,302s
Max VerstappenHOLRed Bull87,851s
Alexander AlbonTAIRed Bull87,851s
Carlos Sainz JrESPMcLaren88,304s
Lando NorrisINGMcLaren88,464s
Pierre GaslyFRAToro Rosso88,836s
10ºRomain GrosjeanFRAHaas89,341s

Suzuka pode ver Hamilton hexacampeão

Para Lewis Hamilton sair de Suzuka, neste final de semana, com o hexacampeonato garantido, o inglês da Mercedes só precisa vencer e nem precisa acumular com o ponto extra de bonificação pela melhor volta.

Nessa situação Hamilton alcançaria 347 pontos, acima dos possíveis pontos máximos para Charles Leclerc (no máximo 19 pontos no Japão e no máximo 26 pontos nas demais quatro corridas), mesmo se ele zerasse nas outras corridas. O mesmo vale para as pretensões de Max Verstappen, já que o holandês está apenas 3 pontos atrás de Leclerc no campeonato.

É bem verdade que fazendo a mesma simulação com Valtteri Bottas, o finlandês chegaria aos 372 pontos e ele é quem levaria a taça. Mas esta hipótese só seria possível se Hamilton sofresse um forte acidente, e ficasse impossibilitado de voltar a correr neste ano, de outro jeito a Mercedes jamais deixaria acontecer uma virada dessas.

Outra hipótese seria o inglês não vencer, mas chegar em segundo lugar e quem vencer for Vettel, ou qualquer outro, desde que não seja ou Leclerc ou Verstappen.

De qualquer modo, se não levar a taça agora no Japão, Hamilton tem tudo para fechar o campeonato no GP do México, que será disputado no final de outubro.

E imaginando que Hamilton seja superado por todos estes nas últimas etapas, com Leclerc ou Verstappen vencendo todas com voltas mais rápidas também, a Hamilton bastaria chegar duas vezes em sétimo e as demais em oitavo, que seria hexa em Abu Dhabi. Entretanto só uma única vez Hamilton não ficou entre os Top 5 neste ano: Alemanha. Ele alcançou uma média que ficou melhor – bem melhor – que o 3º lugar (2,25).

Em qualquer simulação para Sebastian Vettel a corrida para o pentacampeonato já era, o alemão não tem chance matemática alguma, mas lembrando que o histórico do GP do Japão em Suzuka mostra apenas dois pilotos da ativa com vitórias por lá: Vettel e Hamilton, cada um venceu quatro vezes nessa pista.

» Veja como estão os Top 5 no Campeonato de Pilotos:

PosPilotoPontos
Lewis Hamilton322
Valtteri Bottas249
Charles Leclerc215
Max Verstappen212
Sebastian Vettel194
FJPB225

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=10749

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com