Brasil volta à MotoGP em 2022 no novo circuito do Rio

A Dorna Sports, empresa que detém os direitos da MotoGP, anunciou um acordo de cinco anos com os donos do circuito carioca Rio Motorpark, que está com projeto adiantado para sua construção.

Será a primeira vez do Brasil no calendário da MotoGP desde o ano de 2004, significando um intervalo de quase duas décadas, mas agora para um circuito de 4,5 km e 13 curvas, a ser chamado de Rio Motorpark, cuja construção deverá estar completada em 2021.

A construção será no bairro de Deodoro e, segundo o prefeito da cidade Marcelo Crivella, deverá ser inteiramente financiado pela concessionária.

O Brasil teve dois períodos de corridas da MotoGP: o primeiro entre os anos de 1987 até 1992, e o segundo entre 1995 e 2004, com o japonês Makoto Tamada sendo o último vencedor no Brasil, quando a corrida era realizada no já demolido circuito de Jacarepaguá.

O Brasil deve ser um dos 22 destinos da MotoGP em 2022, embora os pilotos tenham colocado sua preferência por apenas 20 corridas por ano.

Para 2020 um novo circuito vai entrar no calendário. Será o da Finlândia – no circuito KymiRing -, o que representará o retorno do país à categoria desde 1982. Já para 2021 deverá receber um circuito na Indonésia, que deverá ser construído em Lombok.

FJPB75

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=10763

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com