«

»

maio 02 2014

Imprimir Post

DTM 2014: Temporada que deve ser imprevisível

Carro da Audi no DTM

Carro da Audi no DTM

Neste momento, faltando apenas poucos dias para a abertura da temporada 2014 do DTM, o mais forte campeonato de carros turismo do mundo, é absolutamente imprevisível como vai se desenrolar a luta pelo título nesta temporada.

Nas pistas vão correr mais ex-campeões do que nunca na história da categoria. Três fabricantes em quase igualdade de condições – e com o orgulho em jogo -, mais alguns ajustes nas regras, para aumentar as disputas nas corridas. Tudo isso deve fazer com que as emoções aflorem ainda mais durante o ano.

Carro da Mercedes no DTM

Carro da Mercedes no DTM

Do lado de Stuttgart, o orgulho está na linha após a luta que a Mercedes enfrentou durante 2013. Para Munique, a BMW tem um ponto a provar com o seu novo carro para 2014, o M4. E quanto à equipe da Audi, em Ingolstadt, ela tem simplesmente a tarefa de defender o título de 2013.

Com tudo isso nas pistas, o que se vislumbra é uma temporada fantasticamente parelha.

Carro da BMW no DTM

Carro da BMW no DTM

Uma das maiores mudanças para o DTM é a redução dos pit-stops obrigatórios, que em 2014 será apenas de um, contra os dois usuais até 2013. Também tem a restrição para o uso máximo de 50% das voltas com os pneus macios. Com menos opções para as corridas, as estratégias devem se preocupar em fazer a escolha certa, para cada pista, antes da largada das provas.

Outro efeito colateral, das novas regras esportivas, é que converter posições ruins no grid, em bons resultados ao final da prova, será uma tarefa ainda mais complicada do que foi até 2013. Na temporada passada, a qualificação não era tão importante, se a equipe tivesse um set-up decente para o domingo. Com um bom stint inicial, usando os pneus macios, vir do meio do grid para o pódio era algo bastante factível. Aliás essa foi exatamente a estratégia usada pela Audi, com Mike Rockenfeller, que o levou ao título.

Desse jeito, devemos esperar em 2014 por grandes batalhas, nas disputas pela pole position em cada etapa.

E tem a volta do assim chamado “Troféu Bigorna” – ou como é chamado, em inglês, Performance Ballast., o que em miúdos operará deste modo:

» Carros do mesmo fabricante que o vencedor da prova, que terminarem entre os Top 10, “ganharão” um peso extra, de 5 kg, para a próxima etapa. Mas, mesmo aqueles que do mesmo fabricante do vencedor, que ficarem fora do Top 10, ainda serão “premiados” com um peso extra de 2,5 kg.

» Carros do mesmo fabricante, cujo melhor resultado o colocar em segundo entre os fabricantes, não ganharão ou perderão nada no Troféu Bigorna.

» Enquanto isso, os carros do fabricante que for o terceiro melhor – no caso do DTM seria o pior -, perderão 2,5 kg do Troféu Bigorna se estiverem dentro do Top 10, ou então perderão 5 kg, se estiverem foram do Top 10.

Entretanto aqui as coisas podem complicar, com escolhas estratégicas pessoais. Por exemplo, um piloto pode decidir que carregar um peso extra de 2,5 kg para a próxima corrida seja mais importante que marcar o ponto solitário do décimo colocado. Só as provas reais mostrarão qual estratégia será melhor na prática.

Sete ex-campeões (acumulando 9 títulos) disputarão a temporada 2014 do DTM

Sete ex-campeões (acumulando 9 títulos) disputarão a temporada 2014 do DTM

Na 30ª temporada da categoria, um recorde de sete ex-campeões correndo nas pista será algo que melhorará as disputas pelos melhores resultados e pelos pódios mais ainda. Com nove títulos nas bagagens desses Sete de Ouro, deve-se esperar melhores disputas ao longo de todo o campeonato. O grupo dos Sete de Ouro é composto por Mattias Ekstrom, Gary Paffett, Timo Scheider, martin Tomczyk, Mike Rockenfeller e Paul di Resta, que retorna depois de três anos na Fórmula 1.

Por tudo isso, e mais como os novos carros, principalmente o M4 da BMW, se comportarão em condições reais de corrida, é que todos esperam uma temporada inesquecível, e que não deve destacar um favorito ao título antes da ante-penúltima etapa do ano, ou mais além ainda.

 

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=10768

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>