Quais as chances de Hirvonen contra Loeb no Rali da Inglaterra?

No próximos dias 11-12-13 de novembro a temporada 2011 do Mundial de Rali, o WRC, faz sua etapa final, no Rali da Inglaterra, ou Rali de Gales (Wales Rally GB em Inglês). E apenas dois pilotos estão na disputa pelo título de 2011.

A missão de Mikko Hirvonen é impossível? Vejamos: o finlandês chega a Cardiff, sede do evento, com oito pontos de desvantagem para Sebastien Loeb e sem a vantagem do empate em pontos, já que tem duas vitórias contra cinco do francês neste campeonato.

Mas afirmar que seja impossível, não parece que seja correto. O finlandês de 31 anos precisa derrotar Sebastien Loeb na classificação geral do rali, e para isso precisa somar nove pontos a mais do que o francês, e assim quebrar a inacreditável sequência de sete títulos consecutivos do piloto oficial da Citroen, e ao mesmo tempo colocar seu próprio nome na história do WRC.

Uma simples vitória combinada com um terceiro lugar de Loeb e um ponto no Power Stage, ou um segundo e dois pontos a mais no Power Stage, resolvem a disputa à favor de Hirvonen.

O problema é que o francês é o maior piloto de rali da história. Ele é heptacampeão, contra os dois tetracampeonatos de Tomi Makinen e Juha Kankkunen, dois finlandeses que dividem a vice-liderança no quesito. Ele já venceu 67 ralis – em segundo aparece um outro finlandês, Marcus Gronholm, mas que venceu “apenas” 30 vezes – isto é, menos da metade.

Afinal, Loeb tem sido extremamente eficaz nos últimos anos. Para Sebastien Loeb, a conquista de um título parece ser algo trivial. Tem sido assim nos últimos oito anos, mesmo na temporada de 2006, quando se machucou e ficou fora das últimas 4 etapas, mas mesmo assim foi o campeão.

Então com certeza será um dos mais tensos ralis para o finlandês, enquanto Loeb deve seguir com a tranquilidade que lhe é peculiar. Está tudo a favor de Loeb, mas só o último estágio especial deste rali vai confirmar quem será o campeão.

Rali especial para os brasileiros:

O Brasil fará história num rali do WRC. Pela primeira vez terá dois representantes disputando o Rali da Inglaterra – nos carros da classe máxima: a WRC. Daniel Olveira tem feito o seu ano de estreia no campeonato, disputando praticamente a temporada completa, com um Mini Countryman pela equipe Brazil WRT, que até já pontuou em 2011.

O segundo brasileiro será Paulo Nobre, o Palmeirinha, que também estará a bordo de um Mini. Nobre participou apenas de algumas provas do mundial, como foi o caso do Rali da Grécia e do Rali da Catalunha. Mas ele esteve com um carro da classe Production, um Lancer S2000. Em Gales, será a primeira vez que Palmeirinha pilotará um carro da classe WRC.

 

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=1127

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.