«

»

abr 06 2015

Imprimir Post

GP-2: Negrão evolui e fecha em 12º no último teste no Bahrain

André Negrão nos testes coletivos no Bahrain

André Negrão nos testes coletivos no Bahrain

O paulista André Negrão evoluiu em relação aos dois primeiros dias e fechou em 12º no encerramento da segunda e última sessão de testes coletivos da GP-2. Confirmando a expectativa de um campeonato ainda mais equilibrado do que em seu ano de estreia em 2014, o piloto da Arden ficou a seis décimos do francês Pierre Gasly (DAMS), o mais veloz no circuito de Sakhir, no Bahrain. Agora, os equipamentos ficarão guardados nos boxes até a abertura da pista para os treinos livres da rodada dupla de abertura do calendário, marcada para os dias 18 e 19 deste mês.

Negrão ficou satisfeito com o comportamento do carro, mas lamentou continuar enfrentando problemas com o motor – situação que se arrasta desde a prova na Rússia no ano passado. “Não é que o motor esteja bichado, mas ele claramente tem uma deficiência. Aqui, eu perdia três décimos de reta. Já havia reclamado da falta de potência nos testes do mês passado em Abu Dhabi, mas não adiantou. Agora, esperamos que finalmente ele seja trocado para a corrida”, comentou.

A estreia dentro de duas semanas está sendo aguardada com expectativa positiva. “O carro melhorou em relação ao acerto. Ainda não é um foguete, mas está mais rápido que em 2014. Eu também estou mais adaptado à categoria, porque é assim mesmo, quanto mais se anda, mais se aprende e melhora. Não tem muito segredo”, afirmou o piloto apoiado pela Novac Sportts, 12º colocado no campeonato passado.

Se para Negrão a perspectiva parece animadora, seu companheiro de equipe Norman Nato – 14º colocado nesta sexta-feira – sofreu um sério contratempo. O carro pegou fogo e foi seriamente danificado, obrigando à paralisação dos ensaios por 30 minutos. O francês escapou sem ferimentos, mas o motor e uma série de componentes foram severamente afetados.

Os tempos de hoje em Sakhir:
1 – Pierre Gasly – DAMS – 1:39.632
2 – Stoffel Vandoorne – ART Grand Prix – 1:39.646
3 – Mitch Evans – RUSSIAN TIME – 1:39.679
4 – Alexander Rossi – Racing Engineering – 1:39.715
5 – Raffaele Marciello – Trident – 1:39.720
6 – Alex Lynn – DAMS – 1:39.884
7 – Jordan King – Racing Engineering – 1:40.002
8 – Sergey Sirotkin – Rapax – 1:40.007
9 – Marco Sorensen – Carlin – 1:40.017
10 – Arthur Pic – Campos Racing – 1:40.254
11 – Julian Leal – Carlin – 1:40.288
12 – André Negrão – Arden International – 1:40.323
13 – Artem Markelov – RUSSIAN TIME – 1:40.356
14 – Norman Nato – Arden International – 1:40.416
15 – Nathanaël Berthon – Lazarus – 1:40.453
16 – Rio Haryanto – Campos Racing – 1:40.663
17 – Nick Yelloly – Hilmer Motorsport – 1:40.685
18 – Nobuharu Matsushita – ART Grand Prix – 1:40.860
19 – Rene Binder – Trident – 1:40.873
20 – Sergio Canamasas – MP Motorsport – 1:41.101
21 – Robert Visoiu – Rapax – 1:41.261
22 – Daniel De Jong – MP Motorsport – 1:41.354
23 – Zoel Amberg – Lazarus – 1:41.456
24 – Nigel Melker – Hilmer Motorsport – 1:41.566
25 – Marlon Stockinger – Status Grand Prix – 1:44.506
26 – Richie Stanaway – Status Grand Prix – 1:44.799

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=11370

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>