Construtores da F-E adiam o Gen2 EVO

As equipes da Fórmula E decidiram adiar a introdução do carro de segunda geração que se daria em 2020/2021 – conhecido como Gen2 EVO. Esta é uma medida acordada entre todas equipes e a organização, no sentido de reduzir os encargos financeiros, de modo a fazer frente aos efeitos adversos da pandemia da Covid-19.

Os construtores chegaram a acordo quanto a medidas do espectro técnico. Uma delas é adiar o carro Gen2 EVO para a temporada 2021/2022 – quando o que estava previsto era ser introduzida na próxima temporada, cujo começo está previsto para a parte final deste ano.

Por outro lado, também se concordou em alterar as regras de homologação das unidades motrizes para que uma homologação só possa ser alterada uma única vez ao longo das duas próximas temporadas.

Assim sendo, os construtores terão duas opções relativamente à unidade motriz: ou manterão a de 2019/2020 por mais uma temporada introduzindo uma nova apenas em 2021/2022; ou avançarão já para uma nova unidade motriz em 2020/2021 conservando-a sem alterações na temporada de 2021/2022.

Estas modificações foram já ratificadas pelo Conselho Mundial da FIA através de uma votação eletrônica. Para além das medidas apenas a nível das regras, a Fórmula E compromete-se a encontrar outras maneiras de enfrentar a pandemia.

726.644FJPB101.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=12983

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com