Alex Marquez nem estreou na Honda e já vai sair em 2021

Alex Marquez, irmão mais novo do multicampeão Marc Marquez, nem estreou ainda na equipe Honda de fábrica, e já está pronto para a saída ao final desta temporada.

Mas Aléx já tem contrato para o próximo ano, quando irá correr na equipe satélite da Honda, a LCR Honda. Ele entrará no lugar de Cal Crutchlow. Enquanto em seu lugar virá Pol Espargaró, que corre neste ano pela equipe KTM Factory.

Os dois pilotos envolvidos nessa dança são espanhóis.

A chegada de Espargaró já era cogitada ao longo das últimas semanas. O anúncio só confirma uma situação indesejada: por conta da pandemia do coronavírus e por consequente adiamento da temporada da MotoGP, Alex vai disputar o campeonato inteiro já sabendo que não segue na equipe de fábrica com o irmão Marc em 2021.

Alex vai para a LCR ainda como uma incógnita. O piloto precisou de cinco anos até ser o campeão da Moto2 em 2019. Todavia, a pandemia adiou uma dura comparação direta com Marc, um hexacampeão na MotoGP.

Já Crutchlow ainda não sabe por qual equipe irá correr em 2021, mas já disse que não vai abandonar a carreira na MotoGP. Ele se mostra confiante em continuar correndo na categoria, até mesmo na LCR, mas no lugar de Takaaki Nakagami, que ainda não renovou seu contrato, que se encerra este ano. A Aprilia, que só se acertou com Aleix Espargaró para 2021, ainda espera uma definição sobre o julgamento por doping de Andrea Iannone, que poderá ser suspenso por até 4 anos.

A temporada da MotoGP começa já neste final de semana, em 19 de julho, com o GP da Espanha em Jerez de la Frontera. As Moto2 e Moto3, entretanto, já partem para suas segundas corridas, já que conseguiram correr no Qatar em março.

FJPB25

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=13936

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com