MotoGP em Misano: Morbidelli tem vitória inédita

A vitória foi de Franco Morbidelli, que levou a Yamaha SRT à sua terceira vitória, contra nenhuma da equipe de fábrica, ao superar a Ducati de Francesco Bagnaia.

Joan Mir, que pilota uma Suzuki, completou o pódio em Misano, à frente de Valentino Rossi, Alex Rins, Maverick Vinhales – que largou da pole – e Andrea Dovizioso.

A Honda Team continua sofrendo com uma moto quase impilotável, enquanto Marc Marquez, o único que consegue domar a Honda nesta temporada, continua afastado das pistas.

O campeonato continua muito parelho, onde o líder atual, Dovizioso, tem apenas 19 pontos de vantagem para o sétimo colocado, Morbiddelli. E apenas Fabio Quartararo, que nesta corrida caiu duas vezes, venceu mais de uma corrida. Ele é o atual vice-líder, com 6 pontos de desvantagem.

» Confira os melhores classificados na prova:

#Piloto (Nac)EquipePontos
Franco Morbidelli (ITA)Yamaha SRT25
Francesco Bagnaia (ITA)Pramac Racing20
Joan Mir (ESP)Team Suzuki Ecstar16
Valentino Rossi (ITA)Yamaha MotoGP13
Alex Rins (ESP)Team Suzuki Ecstar11
Maverick Vinhales (ESP)Yamaha MotoGP10
Andrea Dovizioso (ITA)Ducati Team9
Takaaki Nakagami (JAP)LCR Honda8
Jack Miller (AUS)Pramac Racing7
10ºPol Espargaró (ESP)KTM Factory6
182.371FJPB34

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=14995

2 comentários

    • Panizo em 16/09/2020 às 00:14
      Autor

    Boa observação.
    Está correto, e até a Ducati está praticamente empatada com a Pramac (101 x 96), isto é, não está tão melhor quanto deveria ser o esperado para quem tem todo o suporte de uma fábrica.

  1. As equipes de fábrica, tanto a Yamaha quanto a Honda, parecem estar pior que as suas satélites!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com