Truck: Salustiano é o 4º na corrida 2 em Cascavel

Em duas corridas de tirar o fôlego, com os caminhões brigando pelos primeiros lugares, colados uns nos outros, com portas e peças caindo pela pista, e excessos de fumaça.

Assim aconteceu a 5ª etapa da Copa Truck, no Autódromo de Cascavel, neste domingo. Paulo Salustiano batalhou muito e finalizou em 4º lugar na corrida 2.

Apesar de ter largado em 12º na corrida 2, Salustiano fez boas ultrapassagens até travar uma disputa acirrada com Felipe Giaffone #18 pelo 3º lugar. “Tentei o tempo todo ultrapassar Felipe e demos até umas três batidinhas. Mas na reta, que seria mais fácil passá-lo, o caminhão não desempenhou o suficiente”, conta Salustiano, que pilota um VW Constellation com motor e chassis MAN.

Na primeira corrida, o piloto largou na 7ª posição e chegou a ficar em 2º, mas devido ao excesso de fumaça foi obrigado a sair da pista, assim como os demais pilotos, cujos caminhões estavam nas mesmas condições. Mas logo, Salustiano retornou para a corrida, porém não foi possível recuperar as posições conquistadas e terminou em 12ª no grid. “Fiquei chateado de terem me chamado para sair logo no momento que estava em uma posição muito boa. Foi o tempo de fazer a recalibração e retornar à pista, mas já havia perdido a boa colocação”, diz o piloto oficial da Volkswagen, patrocinado nesta temporada pela SFI CHIPS, líder no segmento de preparação eletrônica de veículos a diesel.

“Agora temos mais uma etapa antes da final e vou novamente com tudo para ficar entre os três primeiros lugares e estar na pista em dezembro. Enquanto houver chances, vamos lutar”, conclui Salustiano.

Nesta temporada, devido à pandemia, nos treinos e corridas da Copa Truck não é permitido a presença do público, acostumado a lotar as arquibancadas dos autódromos, mas as etapas estão sendo transmitidas, ao vivo, pelo Sportv2.

Trajetória no automobilismo:

Paulistano, 36 anos, Paulo Salustiano é piloto profissional da R9 Competições/VW desde 2019. Começou no automobilismo em 2001.

Competiu na Fórmula Renault, onde foi um dos mais vitoriosos na categoria, depois Fórmula 3.

A partir de 2004 foi para Stock Car Light e conquistou um vice-campeonato até ir para a categoria principal do automobilismo nacional, a Stock Car, defendendo a equipe Full Time Sports.

Em 2010 recebeu um convite para pilotar caminhões, quando trocou os carros pelos brutos e não parou mais. De lá para cá são oito temporadas competindo com os pesados. Já pilotou várias marcas e foi duas vezes vice-campeão na extinta Fórmula Truck pela ABF Mercedes-Benz (2015 e 2016) até chegar a piloto oficial da Volkswagen.

Classificação da Terceira Copa:
1º Valdeno Brito, 40 pontos
2º Felipe Giaffone, 29 pontos
3º Wellington Cirino, 27 pontos
4º Débora Rodrigues, 21 pontos
5º André Marques, 21 pontos
6º Rafa Lopes, 20 pontos
7º Paulo Salustiano, 20 pontos
8º Danilo Dirani, 20 pontos
9º Roberval Andrade, 19 pontos
10º Luiz Lopes, 18 pontos

Resultado Corrida #1:
1º Valdeno Brito (Mercedes-Benz), em 26min05s513
2º Rafael Lopes (VW), à 0.345
3º Roberval Andrade (MB), à 6.220
4º Welington Cirino (Mercedes-Benz), à 7.360
5º Felipe Giaffone (IVE), à 14.097
6º Danilo Dirani (MB), à 14.419
7º André Marques (MB), à 14.688
8º José Augusto Dias (VW), à 15.610
9º Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), à 20.064
10º Evandro Camargo (MB), à 20.695
11º Luiz Lopes (IVE), à 33.919
12º Paulo Salustiano (VW), à 33.974

Resultado Corrida #2:
1º Valdeno Brito (Mercedes-Benz)
2º Leandro Totti (MB), à 7.527
3º Felipe Giaffone (IVE), à 11.785
4º Paulo Salustiano (VW), à 12.168
5º Welington Cirino (Mercedes-Benz), à 13.397
6º Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), à 42.622
7º Luiz Lopes (IVE), à 48.275
8º André Marques (Mercedes-Benz), à 49.087
9º Régis Boessio (VOL), à 1:03.579
10º Danilo Dirani (MB), à 1 volta

896.282FJPB144.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=15233

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com