F2 em Sakhir: Daruvala vence no 1-2 da Carlin

Na vitória de Jehan Daruvala, no 1-2 da Carlin em Sakhir, os dois postulantes ao título deixaram de pontuar, e assim Mick Schumacher conquistou o campeonato da Fórmula 2 de 2020.

O 1-2 de uma equipe na Fórmula 2 é algo bastante incomum, mas hoje Yuki Tsunoda quebrou essa escrita e chegou a pouco mais de 3,5s do companheiro. Já o pódio final da temporada foi completado por Dan Ticktum, piloto da DAMS.

Felipe Drugovich chegou na oitava colocação da chamada “sprint race” – a última que será disputada num domingo, pois a partir de 2021 haverão duas “sprint races”, mas ambas serão disputadas aos sábados – e com isso pontuou nas duas corridas deste fim de semana.

Mick Schumacher se emocionou ao alcançar um inédito campeonato na F2

O Prema de Mick teve problemas com seus freios dianteiros, e teve que parar nos boxes para uma troca inesperada dos pneus, completando a prova apenas na 18ª colocação, mas foi beneficiado pelos próprios problemas do Uni-Virtuosi de Callum Ilott, que foi bem melhor que Mick, mas também terminou fora da zona de pontos – na décima colocação – quando precisava vencer a corrida para conquistar o título.

A melhor volta da corrida, valendo os 2 pontos extras, foi a de Tsunoda, completada em 1min04,812s à 196,796 km. Mas a volta mais rápida de todas ficou com o campeão Mick, que fez em 1min04,383s à 198,108 km/h.

Dos outros dois brasileiros na categoria, Pedro Piquet completou na 11ª colocação, enquanto Guilherme Samaia foi o 19º.

O vice-campeão foi Ilott, que correu risco de perder essa taça, pois Tsunoda chegou à apenas 1 pontos dele. Se tivesse vencido a prova, teria levado a taça de vice-campeão. Drugovich terminou na nona colocação do campeonato.

Entre as equipes a Prema Racing aproveitou que seu segundo piloto, Robert Shwartzman, acumulou 177 pontos com sua quarta colocação, foi a campeã, com 39,5 pontos de vantagem sobre a Uni-Virtuosi, de Ilott e Guanyu Zhou, que foi o quarto colocado na prova de hoje.

Finalmente a Hitech GP, de Nikita Mazepin e Luca Ghiotto, foi a terceira colocada, tendo ficado 2 pontos à frente da Carlin.

Veja os Resultados Completos das provas desta Etapa
Confira o panorama geral da Temporada 2020 da Fórmula 2
Veja como terminou o Campeonato de Pilotos
Veja como terminou o Campeonato de Equipes
Veja como ficaram as Estatísticas da Temporada

» Confira os melhores classificados na prova #2:

#PilotoPaísEquipeTempo
Jehan DaruvalaINDCarlin-34 voltas
Yuki TsunodaJAPCarlin+3,5s
Dan TicktumINGDAMS+3,9s
Guanyu ZhouCHNUni-Virtuosi+5,6s
Robert ShwartzmanRUSPrema Racing+7,5s
Giuliano AlesiFRAMP Motorsport+9,0s
Luca GhiottoITAHitech GP+11,0s
Felipe DrugovichBRAMP Motorsport+13,8s
Nikita MazepinRUSHitech GP+14,5s
10ºCallum IlottINGUni-Virtuosi+16,0s
11ºPedro PiquetBRACharouz Racing+16,1s

Tsunoda vence a feature race

Yuki Tsunoda venceu de forma categórica e de ponta a ponta a “feature race” da Fórmula 2 em Sakhir, na final da temporada. O japonês chegou à sua terceira vitória na temporada.

O pódio foi completado pelo chinês Guanyu Zhou, que chegou 5,6s atrás de Tsunoda, e Nikita Mazepin, que jogou Felipe Drugovich para fora da pista, quando este tentava ultrapassar o piloto russo. O incidente deve ser investigado após a corrida.

O brasileiro completou a corrida na quarta colocação, à frente de Robert Shwartzman, Callum Ilott e Mick Schumacher, que mostrou uma recuperação impressionante, já que largou apenas da 18ª posição do grid.

Pedro Piquet conseguiu pontuar, ao completar a corrida na décima posição. Já Guilherme Samaia, o terceiro brasileiro na categoria, ficou com a última colocação da corrida.

Com os resultados dos concorrentes ao título de 2020, Mick já colocou uma das mãos na taça. Ilott precisará vencer a corrida de domingo, se possível fazendo a volta mais rápida da prova, e torcer para que Mick não faça mais que 1 ponto, se quiser se tornar o campeão.

» Confira os melhores classificados na prova #1:

#PilotoEquipeTempoPtos
Yuki TsunodaCarlin48 voltas25
Guanyu ZhouUni-Virtuosi+5,6s18
Nikita MazepinHitech GP+6,2s15
Felipe DrugovichMP Motorsport+6,6s12
Robert ShwartzmanPrema Racing+7,4s10
Callum IlottUni-Virtuosi+8,1s8
Mick SchumacherPrema Racing+10,3s8
Jehan DaruvalaCarlin+11,8s4
Dan TicktumDAMS+14,6s2
10ºPedro PiquetCharouz Racing+17,5s1

Horas depois os comissários deram duas punições de 5 segundos cada para o russo Mazepin, que caiu do terceiro para o nono lugar. Assim Drugovich subiu para terceiro, e ganhou três pontos à mais.

Tsunoda leva a pole

Yuki Tsunoda conseguiu a pole para a final da Fórmula 2 no Anel Externo de Sakhir, em sua quarta pole da temporada, e com Nikita Mazepin apenas 0,122s atrás, deixando um sabor de quero mais.

O sabor de quero mais, para ambos, é um pouco difícil de ser transformado em realidade, embora ambos tenham chances matemáticas de disputar o título de 2020. O problema é que apenas uma combinação de resultados muito improváveis precisa acontecer.

Os favoritos ao título são Mick Schumacher – que já garantiu vaga na F1 em 2021 – que lidera o campeonato com 14 pontos de vantagem para Callum Ilott, e tem 41 pontos de vantagem para Nikita Mazepin, e 44 para o pole.

Com 48 pontos em disputa, e com Tsunoda e Mazepin partindo da primeira fila – enquanto Ilott larga de nono e Mick apenas de 18º, depois de um acidente absurdo quando bateu no carro de Roy Nissany – e foi em seguida tocado pelo israelense – a matemática permite sonhar. Mas as condicionantes são várias.

Tsunoda precisaria vencer as duas corridas deste fim de semana, e fazer as duas voltas mais rápidas. Mesmo assim o japonês só levaria o título se também duas situações acontecessem: Mick não fizer nenhum ponto, e se Ilott só conseguir um máximo de 14 pontos.

Para Mazepin levar o título as chances são quase as mesmas. Precisará vencer as duas provas, fazendo suas voltas mais rápidas, e torcer para que Mick fizer no máximo 3 pontos e Ilott no máximo 17.

No grid da corrida sábado Jehan Daruvala e Robert Shwartzman largarão da segunda fila, enquanto Felipe Drugovich terá Christian Lundgaard ao seu lado na terceira fila.

Tirando as chances puramente matemáticas destes dois, e embora Mick continue como o favorito, a situação ficou mais fácil para as pretensões de Ilott, principalmente se conseguir subir ao pódio neste sábado.

Pedro Piquet largará da 13ª posição do grid, enquanto Guilherme Samaia largará da última fila.

» Confira os melhores no grid:

#PilotoEquipeTempo
1Yuki TsunodaCarlin1m02.676s
2Nikita MazepinHitech Grand Prix0.122s
3Jehan DaruvalaCarlin0.131s
4Robert ShwartzmanPrema Racing0.146s
5Felipe DrugovichMP Motorsport0.165s
6Christian LundgaardART Grand Prix0.173s
7Artem MarkelovBWT HWA RACELAB0.271s
8Dan TicktumDAMS0.278s
9Callum IlottUNI-Virtuosi0.338s
10Louis DeletrazCharouz Racing System0.386s
11Guanyu ZhouUNI-Virtuosi0.399s
12Marino SatoTrident0.440s
13Pedro PiquetCharouz Racing System0.471s
899.655FJPB1.750.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=16041

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com