Bird vence a prova #2 em Diriyah, encerrada em bandeira vermelha

Atualização: Punições à rodo alteram quase completamente o resultado da corrida. O mais prejudicado foi Vergne que perdeu o pódio e caiu para 12º (por não ter ativado o 2º Attack Mode, o que acrescentou 24s ao seu tempo de corrida). Outros dois levaram a mesma punição, mas Tom Blomqvist e Rene Rast, levaram ainda mais 24s de punição por terem excedido a velocidade máxima de 50km/h durante a bandeira amarela em toda a pista. Outro que tinha pontuado e perdeu também 24s foi o estreante Nick Cassidy, pelo mesmo excesso de velocidade.
Com isso apenas os dois primeiros e os dois últimos mantiveram suas posições.
Para os dois brasileiros foi uma ótima notícia: Sette Câmara subiu duas posições (de 6º para 4º) e Di Grassi, que tinha ficado de fora da zona de pontos, subiu para P8.

Sam Bird foi o vencedor da prova #2 da abertura da Fórmula E 2021, em Diriyah. A prova se encerrou a duas voltas do final, por grave acidente com Alex Lynn.

Esta foi a décima vitória do piloto inglês na categoria, mas a primeira defendendo a equipe Jaguar, para onde se mudou nesta temporada. As outras nove vitórias foram pela equipe Virgin, onde ele começou já na primeira temporada da categoria de carros elétricos.

O pole da corrida, Robin Frijns chegou em segundo lugar, com 2,194s de desvantagem para Bird, mas 2,652s à frente de Jean-Eric Vergne, que completou o pódio.

Antonio Félix da Costa conseguiu um ótimo resultado e conseguiu pontuar com o seu quarto lugar. Nick Cassidy apareceu muito bem e ficou com a quinta colocação, à frente de Sergio Sette Câmara e Nico Muller, que completaram o Top 7.

Rene Rast foi o último a pontuar, mas levou o bônus de volta mais rápida (entre os Top 10) completada em 1min09,454s.

São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos Esportes a Motor

O brasileiro Lucas di Grassi concluiu a corrida apenas na 12ª colocação, ficando apenas com os dois pontos que conseguiu na corrida de sexta-feira.

O acidente que causou a bandeira vermelha, e que levou ao diretor de provas encerrar com duas voltas para o final, atingiu quatro carros, em dois acidentes que aconteceram separados por alguns segundos. No segundo é que estava Lynn, que se arrastou por quase cem metros riscando o chão com seu hallo, até parar, ainda de cabeça para baixo, junto a um muro, fora da pista.

A organização ainda não divulgou as consequências do acidente, mas o piloto foi levado para um hospital.

Tudo sobre os Esportes a Motor
Fórmulas, Motos, Turismo, Rali e muita Estatística

Veja o Resultado Completo da Prova #2
Como ficou o Campeonato de Pilotos
Reveja os Pódios e Poles das provas já disputadas
Confira as Estatísticas dos Pilotos
Confira o Resumo dos Resultados das Equipes

» Confira os melhores classificados na prova #2:

#Piloto (Nac)EquipePontos
Sam Bird (ING)Jaguar25
Robin Frijns (HOL)Virgin22
Jean-Eric Vergne (FRA)Techeetah15
Antonio Felix da Costa (POR)Techeetah12
Nick Cassidy (NZE)Virgin10
Sergio Sette Camara (BRA)Dragon8
Nico Muller (SUI)Dragon6
Oliver Turvey (ING)NIO4
Oliver Rowland (ING)e.dams2
10ºRene Rast (ALE)Audi Abt2
11ºAlexander Sims (ING)Mahindra0
12ºLucas di Grassi (BRA)Audi Abt0

Frijns tira a pole de Sette para a etapa #2 em Diriyah

O holandês Robin Frijns repetiu os feitos do compatriota De Vries ontem, varrendo tudo no sábado em Diriyah, e larga da pole na corrida que fecha o eP da Arábia Saudita.

O brasileiro Sergio Sette Câmara vai largar ao seu lado, em seu melhor resultado numa classificação, assim como da equipe Dragon, que foi a última colocada na temporada passada.

Da segunda fila vão largar Sam Bird e Oliver Turvey, com Tom Blomqvist e Nico Muller partindo da terceira fila do grid, na corrida que terá a largada às 14:00h deste sábado.

Já o brasileiro Lucas di Grassi, não conseguiu uma performance correta e vai largar apenas da 15ª posição do grid – repetindo a mesma fila da corrida de sexta-feira.

Duas equipes foram impedidas pela organização de participar deste classificatório: a Mercedes e a Venturi, após fortíssimo acidente com Edoardo Mortara, da Venturi, mais cedo, no TL3, onde parece que o motor não reduziu na freada da última curva. O piloto suíço foi levado ao hospital, mas nada mais sério foi encontrado.

Estas duas equipes, simplesmente, são as que estão na liderança do Campeonato de Equipes, após a prova de sexta-feira.

» Confira os melhores no grid da prova #2:

#Piloto (Nac)Equipe
Robin Frijns (HOL)Virgin
Sergio Sette Camara (BRA)Dragon
Sam Bird (ING)Jaguar
Oliver Turvey (ING)NIO
Tom Blomqvist (ING)NIO
Nico Muller (SUI)Dragon
Jean-Eric Vergne (FRA)Techeetah
Sebastien Buemi (SUI)e.dams
Alex Lynn (ING)Mahindra
10ºAntonio Felix da Costa (POR)Techeetah
15ºLucas di Grassi (BRA)Audi Abt
479.008FJPB788.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=17535

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com