F-E em Valência: Dennis tem vitória inédita

A prova #2 da etapa dupla da Fórmula E em Valência teve a vitória – inédita – de Jack Dennis, novato na categoria, mas que largou da pole e nunca perdeu a liderança da prova.

Aliás uma prova totalmente morna, totalmente oposta à de sábado. As emoções foram muito mais contidas, tanto que o pódio foi exatamente igual ao grid de largada, completado por Andre Lotterer e Alex Lynn, que levou o ponto extra pela melhor volta da prova, completada em 1min30,263s.

São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos mais importantes Esportes a Motor no Mundo

Em quarto lugar chegou Oliver Rowland, seguido de Norman Nato – que na corrida foi o segundo, mas foi punido com 5 segundos por ter jogado um oponente na chicane. Rene Rast, companheiro de Lucas di Grassi foi o sexto colocado, muito melhor – sempre – que o brasileiro, que hoje conseguiu se recuperar de uma péssima classificação, terminando na décima colocação.

Já o outro brasileiro na prova, Sergio Sette Camara fez o caminho inverso na corrida: largou de décimo, mas completou apenas na 21ª colocação.

Veja o Resultado Completo da Prova #1
Veja o Resultado Completo da Prova #2
Como ficou o Campeonato de Pilotos
Reveja os Pódios e Poles das provas já disputadas
Confira as Estatísticas dos Pilotos
Confira o Resumo dos Resultados das Equipes

» Confira os melhores na prova:

#Piloto (Nac)EquipePtos
Jake Dennis (ING)BMW4
Andre Lotterer (ALE)Porsche18
Alex Lynn (ING)Mahindra15
Oliver Rowland (ING)e.dams12
Norman Nato (FRA)Venturi10
Rene Rast (ALE)Audi Abt8
Jean-Eric Vergne (FRA)Techeetah6
Oliver Turvey (ING)NIO4
Edoardo Mortara (ITA)Venturi2
10ºLucas di Grassi (BRA)Audi Abt1

De Vries vence prova #1 em final maluco

O final da prova #1 da Fórmula E em Valência foi bem maluco, com quase metade do grid ficando sem bateria. E o holandês Nyck de Vries viu a vitória cair em seu colo.

O caos imperou de forma brutal – e não por causa da chuva que caiu o tempo todo – com muitos ficando totalmente sem bateria, incluindo o piloto português Antonio Felix da Costa, que liderou todas as voltas, mas ficou sem bateria, terminando a corrida apenas na sétima colocação.

O pódio do caos foi completado pelo suíço Nico Muller e pelo belga Stoffel Vandoorne. A confusão foi tanta que até a cronometragem oficial, voltou depois de encerrada, pois houveram mais alterações, incluindo as desclassificações de Oliver Rowland e Alexander Sims, que estavam entre os primeiros até a volta final.

Tudo sobre os Esportes a Motor
Fórmulas, Motos, Turismo, Rali e muita Estatística

Os brasileiros primeiro não pontuaram, mas depois Lucas di Grassi acabou beneficiado por dois pilotos que terminaram à sua frente mas receberam punições, acabando na décima colocação, e levando um ponto. Sergio Sette Camara já tinha abandonado depois de ficar atolado na brita numa disputa na volta 14.

Poucas horas depois a categoria puniu vários pilotos com a desclassificação, pelo consumo exagerado de energia. Com isso Di Grassi, terminou em sétimo – isto é, cinco posições à frente do que tinha conseguido na pista. Contando os carros que ficaram sem energia, mais aqueles punidos, a corrida terminou com apenas nove carros classificados. Oficialmente ninguém ficou na décima posição. Deve ser a primeira vez nas últimas duas décadas, que uma corrida numa categoria internacional não tem alguém no 10º lugar.

» Confira os melhores na prova #1:

#Piloto (Nac)EquipePtos
Nyck de Vries (HOL)Mercedes25
Nico Muller (SUI)Dragon18
Stoffel Vandoorne (BEL)Mercedes15
Nick Cassidy (NZE)Virgin12
Rene Rast (ALE)Audi Abt10
Robin Frijns (HOL)Virgin9
Lucas di Grassi (BRA)Audi Abt6
Jake Dennis (ING)BMW4
Jean-Eric Vergne (FRA)Techeetah2
Esta é a classificação oficial deste ePrix, portanto apenas 9 carros se classificaram
Aqui você sempre encontra Dicas e Soluções importantes para suas viagens. E o melhor: com muitas Ferramentas e Dicas para você economizar muito nas suas viagens.

Felix da Costa herda a pole em Valência

Depois da desclassificação do pole na pista, Stoffel Vandoorne, o português Antonio Felix da Costa foi declarado o pole para a prova #1, da etapa dupla da Fórmula E em Valência.

A punição ao piloto belga ocorreu por sua equipe ter usado um pneu não declarado para a organização. Vandoorne tinha conseguido a melhor volta na Super Pole, com um tempo de 1min26,494s – exatos 0,028s mais rápido que o do português.

Com isso Felix da Costa voltará a largar da pole, o que não conseguia há nove ePrix. Sua última pole tinha sido na prova #2 de Tempelhof, na Alemanha. Nyck de Vries vai largar da segunda posição do grid, à frente de Maxmilian Gunther, Alex Lynn e Sebastien Buemi.

Além de Felix da Costa, o outro piloto a levar ponto de bonificação na classificação, foi Lynn, por ter sido o mais rápido na classificação de grupos.

Tudo sobre os Esportes a Motor
Fórmulas, Motos, Turismo, Rali e muita Estatística

Os brasileiros foram mal na classificação com Sergio Sette Camara assegurando a 12ª posição do grid, nove à frente de Lucas di Grassi, que vai largar da penúltima fila, só à frente de Nico Muller, Oliver Turvey e do punido Vandoorne.

» Confira os melhores no grid da prova:

#Piloto (Nac)Equipe
Antonio Felix da Costa (POR)Techeetah
Nyck de Vries (HOL)Mercedes
Maximilian Gunther (ALE)BMW
Alex Lynn (ING)Mahindra
Sebastien Buemi (SUI)e.dams
Andre Lotterer (ALE)Porsche
Norman Nato (FRA)Venturi
Oliver Rowland (ING)e.dams
Pascal Wehrlein (ALE)Porsche
10ºNick Cassidy (NZE)Virgin
São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos mais importantes Esportes a Motor no Mundo
698.880FJPB942.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=18527

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com