Em GP da Hungria caótico Ocon consegue vitória inédita

Num dos GPs mais caóticos, que teve bandeira vermelha já na primeira volta, e com um strike com os ponteiros, Esteban Ocon conseguiu uma vitória inédita em sua carreira. .

Foi uma vitória, para uma equipe francesa, com motor francês, e pilotado por um piloto francês, como não se via desde 1983 (GP da Áustria, com a Renault pilotada por Alain Prost), sendo muito comemorada pela Alpine – que é a mesma equipe Renault daquela época, mas com o nome alterado para efeitos comerciais.

O pódio húngaro ainda teve Sebastian Vettel como o segundo colocado, e um Lewis Hamilton que se recuperou, não do caos da primeira curva, mas sim de uma decisão errada da Mercedes, caindo para último, mas escalando o pelotão até conseguir, nas últimas voltas, ultrapassar a Carlos Sainz Jr e conseguir um impensável pódio.

Pódio que Max Verstappen não conseguiu, com seu carro sendo um dos atingidos pelo caos, e que só conseguiu um décimo lugar, com um carro bastante danificado.

Tudo sobre os Esportes a Motor
Fórmulas, Motos, Turismo, Rali e muita Estatística

Logo na primeira volta o caos caiu sobre Hungaroring, quando Valtteri Bottas acertou o carro de Lando Norris, o que iniciou um verdadeiro strike que atingiu também o carro de Max Verstappen. Cinco carros abandonaram a corrida. Além de Bottas e Norris, ficaram de fora Charles Leclerc, Lance Stroll e Sergio Perez. Verstappen caiu para último no grid.

E a relargada foi inédita, com apenas o carro de Hamilton no grid, já que todos entraram novamente nos boxes, para trocar de pneus, pois a garoa terminou. Ao final dessa volta, a Mercedes – que errou ao não trocar pneus de Hamilton – acabou indo para os boxes e perdeu todas as posições, caindo para último ao fim da volta 4.

Por causa do caos que provocou na primeira curva, o finlandês Bottas recebeu uma punição de 5 posições para o grid de largada do GP da Bélgica.

Os pilotos que chegaram a partir da quinta colocação, foram também uma surpresa, com alguns sendo uma total surpresa. Fernando Alonso, levou sua Alpine ao quinto lugar, à frente da dupla da AlphaTauri, com Pierre Gasly e Yuki Tsunoda. Em seguida a dupla da Williams, que depois de tanto tempo sem pontuar, conseguiu ver seus dois pilotos pontuando, com Nicholas Latifi na oitava colocação, e George Russel em nono.

Apenas 14 carros cruzaram a linha de chegada, sendo que apenas dez completaram as 70 voltas do GP.

São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos mais importantes Esportes a Motor no Mundo

» Confira os melhores classificados na prova:

#PilotoNac.EquipeMotorTempo
Esteban OconFRAAlpineRenault70 voltas
Sebastian VettelALEAstonMartinMercedes+1,859s
Lewis HamiltonINGMercedesMercedes+2,736s
Carlos Sainz JrESPFerrariFerrari+15,018s
Fernando AlonsoESPAlpineRenault+15,651s
Pierre GaslyFRAAlphaTauriHonda+63,614s
Yuki TsunodaJAPAlphaTauriHonda+75,803s
Nicholas LatifiCANWilliamsMercedes+77,910s
George RussellINGWilliamsMercedes+79,094s
10ºMax VerstappenHOLRedBullHonda+80,244s

Atualização: Horas depois do término da corrida foi anunciada a desclassificação de Vettel, por seu carro ter menos que o mínimo exigido pelas regras da categoria em seu tanque. Com isso Hamilton melhora ainda mais sua posição no campeonato sobre Verstappen. Todos os demais foram promovidos em uma posição, o que significa que até Kimi Raikkonen conseguiu 1 ponto, pelo seu décimo lugar.

São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos mais importantes Esportes a Motor no Mundo

Hamilton lidera o 1-2 da Mercedes para o GP da Hungria

Dobradinha da Mercedes à frente da Red Bull de Max Verstappen, com a 101ª pole do inglês Lewis Hamilton, que foi 0,315s mais rápido que o companheiro, Valtteri Bottas. .

Ao lado de Max, na segunda fila do grid, está seu parceiro Sergio Perez, enquanto da terceira fila do grid vão estar Pierre Gasly, da AlphaTauri, e Lando Norris, da McLaren.

Charles Leclerc da Ferrari partirá da sétima posição do grid, com a dupla da Alpine, com Esteban Ocon à frente de Fernando Alonso, largando à seguir, enquanto Sebastian Vettel conseguiu passar para o Q3 e fecha o Top 10 do grid da corrida de domingo.

» Confira os melhores classificados no grid:

#PilotoEquipeMotorTempo
Lewis HamiltonMercedesMercedes75,419s
Valtteri BottasMercedesMercedes75,734s
Max VerstappenRedBullHonda75,840s
Sergio PerezRedBullHonda76,421s
Pierre GaslyAlphaTauriHonda76,483s
Lando NorrisMcLarenRenault76,489s
Charles LeclercFerrariFerrari76,496s
Esteban OconAlpineRenault76,653s
Fernando AlonsoAlpineRenault76,715s
10ºSebastian VettelAstonMartinMercedes76,750s

Hamilton lidera o TL3 da Hungria

O piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, foi o mais rápido do TL 3 do GP da Hungria de Fórmula 1 na manhã deste sábado, deixando o rival Max Verstappen da Red Bull, 0,088s para trás.

Valtteri Bottas fez o terceiro melhor tempo deixando Carlos Sainz Jr 0,442s para trás. A outra Ferrari, com Charles Leclerc ficou à frente de Lando Norris, da McLaren.

Tudo sobre os Esportes a Motor
Fórmulas, Motos, Turismo, Rali e muita Estatística

» Confira os melhores no TL3:

Bottas lidera o 1-2 da Mercedes no TL2

As Mercedes dominaram o TL 2 do GP da Hungria de Fórmula 1, com Valtteri Bottas fazendo a volta mais rápida da sexta-feira. Bottas foi 0,027s mais rápido que Lewis Hamilton. .

Max Verstappen ficou agora na terceira posição, a 0,298s de Bottas, mas 0,747s mais rápido que o quarto mais rápido, Esteban Ocon da Alpine, o que demonstra que o trio de ferro é sempre esses mesmos pilotos.

Depois de Ocon, os melhores tempos foram de Sergio Perez, Pierre Gasly, Fernando Alonso e Sebastian Vettel. Lando Norris, que fez o nono tempo do dia, novamente ficou à frente do companheiro de McLaren, Daniel Ricciardo, que ficou 0,424s atrás, confirmando o 8 X 2 que está no Rank de Classificação – Melhores por Equipe.

» Confira os melhores tempos no TL2:

São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos mais importantes Esportes a Motor no Mundo

Verstappen lidera TL1 na Hungria

O piloto holandês ficou à frente das Mercedes no treino livre #1 da Fórmula 1 para o GP da Hungria, a 11ª etapa da temporada 2021. Verstappen foi 0,061s mais rápido que Valtteri Bottas.

Lewis Hamilton veio logo atrás0,106s atrás da volta de Bottas. Carlos Sainz Jr ficou com o quarto melhor tempo do TL1, sendo seguido por Pierre Gasly, Fernando Alonso e Charles Leclerc completando o Top 7 deste treino.

Lá no fundo do pelotão ficaram as Alfa Romeo, Haas e Williams. Dois pilotos não conseguiram realizar bons treinos: Daniel Ricciardo, que com sua McLaren ficou apenas com o 14º tempo, e Sebastian Vettel, que foi o 13º com sua Aston martin.

» Confira os melhores tempos no TL1:

Aqui você sempre encontra Dicas e Soluções importantes para suas viagens
E o melhor, várias Ferramentas e Dicas para você economizar muito.
676.441FJPB1.097.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=20394

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com