Yamaha mexe nas equipes por causa de Vinhales

Por causa da dispensa imediata de Maverick Vinhales, a Yamaha se viu obrigada a mexer nas duas equipes que mantém na MotoGP, e afetando também a formação de sua equipe na Moto2.

Primeiro ela promoverá o piloto inglês Cal Crutchlow à equipe de fábrica, substituindo Vinhales no GP de Silverstone. Crutchlow estava substituindo temporariamente ao lesionado Franco Morbidelli na equipe Petronas SRT. Morbidelli já perdeu as duas corridas na Áustria, e vai perder pelo menos a de Silverstone.

Para o lugar de Morbidelli / Crutchlow a Yamaha vai promover o inglês Jake Dixon, que atualmente está disputando a Moto2, e está em sua terceira temporada na categoria, mas onde nunca venceu. Dixon será o parceiro de Valentino Rossi na equipe satélite da Yamaha.

São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos mais importantes Esportes a Motor no Mundo

Já para a vaga de Dixon na Moto2, a Yamaha vai estrear o piloto malaio Adam Norrodin, que tinha disputado a Moto3 nos anos de 2016, 17 e 18, e que disputou a Moto2 em 2019.

Neste momento essas alterações estão confirmadas apenas para o GP de Silverstone, a ser disputado no dia 29 de agosto. Mas a passagem de Crutchlow para a Yamaha MotoGP tem tudo para se estender até o final desta temporada.

Quanto à Dixon, o mais provável é ele retornar à Moto2 a partir do GP de Aragón, em 12 de setembro.

Muitas dicas legais estão sempre aparecendo no Dica-Legal.com – venha conhecer, pois sempre tem muita informação importante para você usar no seu dia-a-dia no mundo atual!
699.338FJPB246.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=20749

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com