F1 confirma Calendário de 2023

O calendário da Fórmula 1 de 2023 será composto por seis corridas sprint, encaixadas em seis das 23 etapas no momento confirmadas – já não contando com o GP da China, cancelado em 18 de novembro.

Devido às contínuas restrições aplicadas pelo governo da China, por causa da pandemia de coronavírus, a Fórmula 1 confirmou que teve que cancelar de novo, mais um GP da China, ainda sem opção anunciada.

Fora do calendário desde 2019, pela quarta vez é cancelado. No momento ainda não foi divulgado se outro circuito entrará em seu lugar – que seria disputado em 16 de abril. Apareceram várias conversas sobre novo GP de Algarve, em Portugal, mas a categoria declarou que no tempo adequado será tomada uma decisão sobre isso, ou se o calendário ficaria com 23 corridas.

https://pypbr.com/f1/

F1 anuncia 6 Sprints no Calendário de 2023

Na sexta-feira (18/11) a FIA confirmou que serão mesmo seis corridas sprint em 2023, e divulgou as pistas em que esse evento extra acontecerá, incluindo pela terceira vez a Interlagos.

Essas “sprint races” vão ocorrer aos sábados durante os fins de semana dos GPs do Azerbaijão, Áustria, Bélgica, Qatar, Austin e São Paulo.

Lembrando que as provas Sprint na F1 mudaram sua formatação e, principalmente, pontuação para 2022. Para 2023 será alterado apenas a quantidade de provas, que passam a ser seis – embora a Fórmula 1 queira um dia contar com essa sprint race a cada GP.

A FIA já tinha divulgado, em finais de setembro, o que deve ser o Calendário definitivo da Fórmula 1 para a temporada 2023. Um calendário recorde, que terá um total de 24 GPs ao longo de quase nove meses.

A abertura da temporada 2023 da categoria será à 5 de março, com o GP do Bahrain, com a grande final acontecendo no GP de Abu Dhabi, a 26 de novembro.

Entre as novidades para o próximo ano teremos o retorno do GP da China, após uma ausência de três anos por culpa da pandemia, e a estreia do GP de Las Vegas – o terceiro GP a ser disputado em 2023 nos Estados Unidos.

Além disso haverá algumas pequenas alterações na sequência de provas, com o objetivo de melhor logística nos transportes de carros, pessoal e componentes. Como exemplo os GPs da Espanha e de Mônaco trocarão de lugar entre si no calendário.

Pelo outro lado o GP da França foi excluído do calendário agora anunciado, o que já se previa.

As férias de verão acontecerão após o GP da Bélgica, num total de três semanas.

» Confira o Calendário oficial da Fórmula 1 para 2023

GPCircuitoDataHora
BahrainSakhir05 de março12:00h
Arábia SauditaJeddah19 de março14:00h
AustráliaAlbert Park02 de abril02:00h
ChinaXangai16 de abril
Azerbaijão (SR)Baku29 de abril
30 de abril
10:30h
08:00h
MiamiMiami07 de maio16:30h
Emilia RomagnaImola21 de maio10:00h
MônacoMonte Carlo28 de maio10:00h
EspanhaBarcelona04 de junho10:00h
CanadáMontreal18 de junho15:00h
Áustria (SR)Spielberg01 de julho
02 de julho
11:30h
10:00h
InglaterraSilverstone09 de julho11:00h
HungriaHungaroring23 de julho10:00h
Bélgica (SR)Spa-Francorchamps29 de julho
30 de julho
11:30h
10:00h
HolandaZandvoort27 de agosto10:00h
ItáliaMonza03 de setembro10:00h
CingapuraMarina Bay17 de setembro09:00h
JapãoSuzuka24 de setembro02:00h
Qatar (SR)Losail07 de outubro
08 de outubro
11:30h
11:00h
Estados Unidos (SR)Austin21 de outubro
22 de outubro
19:00h
16:00h
MéxicoMéxico City29 de outubro17:00h
São Paulo (SR)Interlagos04 de novembro
05 de novembro
15:30h
14:00h
Las VegasLas Vegas18 de novembro03:00h
Abu DhabiYas Marina26 de novembro10:00h
Os GPs marcados com (SR) são os que terão a corrida sprint em 2023
Nessas linhas a linha de data e hora adicionais, representam os horários das corridas Sprint, sempre aos sábados

A Fórmula 1 declarou que a próxima temporada teria um calendário que seria agrupada por regiões geográficas entre os circuitos (com o objetivo de diminuir tempo das equipes, distância dos voos, custos de transporte, mais sustentabilidade, etc, etc). Mas vendo esse gráfico aqui ao lado podemos dizer que não conseguiram nada disso. Ou jogaram para a galera, e não queriam mesmo fazer nada disso. Se o pessoal só viajar de um circuito para outro – sem voltar para casa -, já serão mais de 133.500 km. Vai ser cansativo para todos.

Tudo sobre os Esportes a Motor
Fórmulas, Motos, Turismo, Rali e muita Estatística
1.071.766FJPB1.650

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=26928

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com