Lewis Hamilton sai da McLaren e entra na Mercedes

Sergio Perez e Lewis Hamilton

Finalmente confirmada a bomba que começou a circular na tarde desta quinta-feira, sobre a saída do inglês Lewis Hamilton, da equipe McLaren, para entrar – no lugar do alemão Michael Schumacher – na equipe Mercedes.

Foi na manhã desta sexta-feira – madrugada ainda no Brasil – que a equipe Mercedes fez a declaração oficial da contratação de Hamilton, pelas próximas três temporadas da Fórmula 1.Poucas horas depois, foi a vez da McLAren confirmar que tinha contratado o mexicano Sérgio Perez para o lugar de Hamilton em sua equipe.

Até o momento nenhuma declaração oficial foi dada sobre o destino do alemão, hepta-campeão. Mas o mais provável é que o mesmo anuncie sua segunda aposentadoria da F-1.

Segundo informações da imprensa inglesa, o acordo entre o inglês e a Mercedes estaria em torno de £ 60 milhões (aaproximadamente R$ 200 milhões) pelos três anos de contrato.

No comunicado da Mercedes, Hamilton afirmou que era chegada a hora de um novo desafio. O inglês estava na McLaren desde sua estreia na categoria, que ocorreu no GP da Austrália de 2007, e foi pela equipe inglesa que conquistou seu único título na categoria, em 2008.

“Agora é hora de assumir um novo desafio e estou muito animado para começar um novo capitulo na minha carreira na F1 com a equipe Mercedes”, afirmou o piloto de 27 anos. “A Mercedes possui uma história incrível no automobilismo, juntamente com a paixão de vencer, que é algo que eu compartilho também. Juntos, podemos crescer e enfrentar esse novo desafio. Acredito que posso ajudar as Flechas de Prata a alcançar o topo e conquistar um campeonato mundial”, completou.

Ross Brawn, chefe da equipe alemã, se disse contente com o acordo do piloto e afirmou que a contratação do inglês apenas confirma o comprometimento da equipe com a F-1. “Estou muito contente em receber Lewis Hamilton em nossa equipe”, disse o inglês.

“A chegada de um piloto com o calibre de Lewis é uma prova do quanto a Mercedes está comprometida com a F1. Além disso, me orgulho de ver que Lewis também compartilha da nossa visão e da nossa ambição com relação ao sucesso das Flechas de Pratas. Acho que a combinação entre Lewis e Nico será emocionante e estou ansioso para ver isso”, concluiu o engenheiro britânico.

Logo depois do anúncio oficial, o novo colega de Hamilton, Nico Rosberg twitou: “Muito legal que Lewis será o meu novo companheiro de equipe! Vai ser outro grande desafio.”

Também logo após a confirmação da saída de Hamilton, da McLaren, Perez externou sua felicidade pelo novo estágio em sua carreira na F-1. “Estou muito emocionado e feliz de ser um piloto da McLaren. É uma das maiores equipes da história da Fórmula 1. Por mais de 40 anos, é o time dos sonhos de todo piloto. Eu cresci assistindo às vitórias do grande Ayrton Senna, e estou muito honrado em fazer parte desta equipe e ter como companheiro Jenson,” frisou Perez.

Perez estreou na categoria no GP da Austrália de 2011 pela equipe Sauber, fechando a temporada na 16ª colocação. Em 2012, o mexicano está na nona colocação. Perez, que ainda não venceu na F-1, tem 3 pódios e 1 volta mais rápida.

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=3131

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.