Sertões: Varela vence pela 6ª vez na Pro Etanol

|Varela e Bampi|

Na segunda vitória consecutiva da dupla Guilherme Spinelli/Yousseff Haddad (Mitsubishi Lancer) no Rali dos Sertões, quem também fez festa foram seus companheiros na equipe Mitsubishi Brasil, Reinaldo Varela/Eduardo Bampi. Afinal, chegando na quarta posição, logo depois de Paulo Nobre/Filipe Palmeiro (BMW X3) e Klever Kolberg/Flávio França (Protótipo Protom), eles conseguiram o melhor resultado para um carro brasileiro produzido em série, a novíssima picape Mitsubishi L200 Triton SR. Além disso, venceram seis das 10 etapas da categoria Pro Etanol, onde ficaram na segunda posição final.

“Não posso reclamar, foi um rali muito bom. O carro que usamos, essa nova Triton SR é muito competitiva. A equipe também é excelente, tivemos uma ótima assistência e todo apoio necessário.”, comentou o experiente piloto Varela, que completou sua 300ª corrida no automobilismo. O 19º Rali dos Sertões terminou nesta sexta-feira (19/8), depois de 4.041 km passando por cinco Estados em dez dias de provas, com encerramento na Praia de Cumbuco, em Caucaia, a 30 km de Fortaleza (CE).

O navegador Eduardo Bampi, também mostra satisfação em competir mais uma etapa do Rali dos Sertões. “Tivemos um bom desempenho, foi mais uma experiência incrível. Nosso carro se comportou muito bem em todos os terrenos, pudemos acelerar com vontade”, declara.

Reinaldo Varela faz história no rali.

Com a participação em 300 corridas, o paulista Reinaldo Varela tem uma bela história em quase 29 anos de disputas ininterruptas correndo de rali, onde suas maiores conquistas foram o de Campeão Mundial de Rali Cross-Country (2001) e o de Campeão Sul-americano de Rali de Velocidade (1992).

Só no Rali dos Sertões, ele tem um retrospecto brilhante. Em 14 participações terminou 13 delas, 10 vezes entre os quatro primeiros na Geral. Foi uma vez Campeão na Geral (2000), cinco vezes Campeão por categoria (1998, 1999, 2000, 2007, 2008) e quatro vezes vice-campeão na categoria (2005, 2006, 2010, 2011).

“Eu não me vejo fora do rali tão cedo. Quem sabe consigo correr mais uns 15 anos e ser competitivo pelo menos até a 30ª edição do Sertões. O rali é a minha vida”, avisa Varela, que este ano lidera a Mitsubishi Cup e com folga o Campeonato Brasileiro de Rali Cross Country, onde já é o virtual heptacampeão (2010,  2009,  2008,  2006,  2002,  2000).

Geral – Acumulado após 10 etapas (os cinco primeiros):
1) Guilherme Spinelli/Yousseff Haddad – 29h23min39s
2) Paulo Nobre/Filipe Palmeiro – 29h47min37s
3) Klever Kolberg/Flávio Marinho de França – 30h06min23s
4) Reinaldo Varela/Eduardo Bampi – 31h36min51s
5) Luiz Stédile/Deco Muniz – 32h47min33s

Pró Etanol – Acumulado após 10 etapas (os cinco primeiros)
1) Klever Kolberg/Flávio Marinho de França – 30h60min23s
2) Reinaldo Varela/Eduardo Bampi – 31h36min51s
3) Luis Carlos Nacif/Humberto Ribeiro – Piauí – 34h29min06s
4) Luiz Aguiar F./Sérgio Bessa – 39h12min38s
5) Leandro Torres/Henrique Arena – 40h29min52s

FJPB5

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=411

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com