Zona de Ataque no ePrix do México será no Foro Sol

O ePrix da Cidade do México de Fórmula E, a ser disputado no próximo dia 16 de fevereiro, vai ter a zona de ataque no Foro Sol, a seção localizada no “estádio” do Autódromo Hermanos Rodríguez. Nessa região os pilotos vão poder ativar os 25kW de potência adicional, com a zona localizando-se, pela primeira vez, na parte interior da pista.

De acordo com as informações conhecidas, os pilotos vão ter de sair da trajetória de saída da curva oito para irem para a parte esquerda interior do circuito, antes de voltarem a virar à esquerda na curva nove. Ao colocar a ‘Attack Zone’ naquela área a organização pretende proporcionar uma apreciação mais visual do novo sistema – implantado apenas nesta temporada 2018/2019 – por parte dos espectadores que habitualmente enchem as arquibancadas no Foro Sol.

Mas segundo Tom Dillmann, piloto da equipe NIO, isso também vai facilitar a vida aos pilotos no que toca a defender posições na ‘Attack Zone’: “Penso que será mais difícil para o piloto que vem atrás ultrapassar porque o piloto que entrar nessa zona estará fechando o flanco de dentro entre as curvas oito e nove. O piloto irá, obviamente, perder um certo tempo, mas mesmo se estiveres atrás muito perto irás perder tempo na saída da curva nove”.

O ePrix do México será a quarta corrida da temporada, que tem como ponteiros o piloto inglês Sam Bird, da Virgin, e o belga Jerome D´Ambrosio, da Mahindra. Eles estão separados por apenas dois pontos, mas já colocaram mais de dez pontos para o terceiro colocado no Campeonato de Pilotos, o francês – e atual campeão – Jean-Eric Vergn, da Techeetah.

FJPB40

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=7049

Deixe uma resposta

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com