«

»

out 22 2012

Imprimir Post

Campeão da F-3 Italiana, Eddie Cheever, fica sob judice

Eddie Cheever III

Até o início da noite deste domingo na Europa, o Campeonato Italiano de Fórmula 3 Euroseries ainda aguardava a oficialização dos resultados da última rodada tripla para confirmar o norte-americano Eddie Cheever III como novo campeão.

Tudo porque a JD Motorsports, equipe do segundo colocado Riccardo Agostini, protestou os carros de Cheever e seu companheiro Brandon Maisano ao final da segunda corrida do programa em Mugello por suposta irregularidade técnica.

Ainda sem a decisão dos comissários, Cheever comemorou a conquista e o prêmio – um teste pela Ferrari, possivelmente dia 9 de novembro em Vallelunga. Campeão italiano, Agostini receberá a mesma chance.

Henrique Martins

Único brasileiro na categoria, o paulista Henrique Martins fechou o calendário na quarta colocação. A classificação final já estava praticamente assegurada antes mesmo da etapa de Mugello. Mas ela não veio sem algum susto: hoje, o piloto da Novac Sports terminou na 8ª e 6ª posições, enquanto o russo Sergey Sirotkin, que o ameaçava à distância, fez um segundo e um terceiro – que poderia virar até mesmo um primeiro, dependendo do parecer dos comissários à reclamação da JD.

Foi, de qualquer forma, uma temporada mais do que satisfatória para Martins. Em seu primeiro ano numa equipe realmente estruturada na Europa, depois da estreia por um time mediano na Fórmula Renault, Martins enfrentou uma forte concorrência na Prema Powerteam.

Cheever III, filho do ex-piloto de Fórmula 1 na década de 80, e Maisano, integrante da Academia da Ferrari, vieram com um ano inteiro de experiência e essa vantagem acabou pesando especialmente na fase dos circuitos italianos. Mesmo assim, chegou a liderar a fase inicial do campeonato e conquistou três vitórias em 2012.

» Veja os resultados das provas em Mugelo:

Corrida 1:
1 – Eddie Cheever (EUA), Prema Powerteam, Dallara F308, 14 voltas  (194,498 km/h)
2 – Riccardo Agostini (Itália), JD, Mygale M10, a 3s973
3 – Mario Marasca (Itália), BVM, Dallara F308, a 5s584
4 – Henrique Martins (Brasil), Prema Powerteam, Dallara F-308, a 10s009
5 – Sergey Sirotkin (Rússia), Euronova, Dallara F308, a 10s528
6 – Yoshitaka Kuroda (Japão), Euronova, Dallara F308, a 33s089
7 – Brandon Maisano (França), Prema Powerteam, Dallara F308, a uma volta
8 – Nicolas Latifi (Canadá), JD, Mygale M10, a 4 voltas

Corrida 2 (*):
1 – Eddie Cheever – Prema – 18 voltas em 32’20.890
2 – Brandon Maisano – Prema – 10.421
3 – Sergey Sirotkin – Euronova – 11.382
4 – Mario Marasca – BVM – 11.075
5 – Nicholas Latifi (Mygale) – JD – 13.673
6 – Riccardo Agostini (Mygale) – 17.653
7 – Yoshitaka Kuroda – Euronova – 30.811
8 – Henrique Martins – Prema – 36.022
9 – Kevin Giovesi – Ghinzani – 7 voltas

Volta mais rápida: Riccardo Agostini 1’46″876

(*) Extra-oficial

Corrida 3:
1 – Kevin Giovesi – Ghinzani – 10 voltas em 17″59.688
2 – Sergey Sirotkin – Euronova – a 0.446
3- Mario Marasca – BVM – a 1.413
4- Brandon Maisano – Prema – a 1.421
5- Riccardo Agostini (Mygale) – a 3.534
6 – Henrique Martins – Prema – 4.022
7 – Eddie Cheever – Prema – a 5.615
8 – Yoshitaka Kuroda – Euronova – a 11.067
9 – Robert Visoiu – Ghinzani – a 11.332
10 – Nicholas Latifi (Mygale) – JD – a 21.747

Volta mais rápida: Eddie Cheever em: 1’46.442

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=7661

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>