Tatiana Calderon correrá na F-2 pela Arden

A colombiana Tatiana Calderon

Tatiana Calderon se tornará em algumas semanas na primeira mulher a pilotar na Fórmula 2, categoria que a FIA definiu como a base para a Fórmula 1. A colombiana, que disputou a GP-3 em 2018, correndo pela Jenzer, vai se tornar a primeira mulher a disputar uma temporada da F-2, e vai defender a equipe Arden.

No final do último ano, a pilota já havia testado com um carro da categoria, em Abu Dhabi. Então, para esta temporada, subirá mais um degrau na escalada em direção à F-1. Tatiana correu na GP-3 nos três últimos anos, inclusive pela própria Arden, isso em 2016.

“Estou muito animada por competir na F2 com a Arden em uma parceria técnica com a HWA Racelab. É um novo desafio em minha carreira e um passo mais próximo de meu maior objetivo, que é alcançar a F1. Mal posso esperar para testar na próxima semana”, disse Calderon.

Tatiana vai ser companheira do francês Anthoine Hubert, que foi o campeão da temporada 2018 da GP-3, quando corria pela ART.

Em 2017, Calderon tornou-se pilota de desenvolvimento da Sauber, e no ano seguinte assumiu o papel de pilota de testes. Em 2018 pilotou pela primeira vez um carro de F1 ao participar filmagens promocionais da equipe. Tatiana também participou dos testes coletivos da F-E com a Techeetah.

Tatiana vai entrar na pista nos próximos dias 26 , 27 e 28 de fevereiro, quando a F-2 realiza as primeiras sessões de teste pré-temporada, em Jerez de la Frontera. A segunda rodada de testes, nos dias 5, 6 e 7 de março, acontecerá em Barcelona.

Confira aqui a biografia de Tatiana Calderon

FJPB61

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=7664

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com