«

»

dez 04 2012

Imprimir Post

GT3 Brasil: Wagner e Fábio sofrem acidente na segunda corrida

A segunda corrida não foi boa para os irmãos Wagner e Fábio Ebrahim, durante a sétima etapa do Brasileiro de Gran Turismo 2012, a GT3 Brasil, realizada neste domingo (2/12), no Autódromo de Cascavel, no Oeste do Paraná.

Na largada, Fábio Ebrahim manteve o quinto lugar, mas na “curva do bacião” levou uma batida na roda dianteira esquerda, que o faz abandonar a corrida. Na etapa, o rendimento do Audi R8 LMS não era bom, pois com o “restritor de potência” colocado em seu carro, compromete seu desempenho, estando até menos potente do que quando não utilizava o “kit ultra”.

Na primeira corrida, realizada no sábado, Wagner Ebrahim manteve o 7º lugar, seguido de perto por Fábio Groce e Marcelo Hahn, mesmo sem um bom rendimento, subiu para a sexta posição. Na 23ª volta, entrou nos boxes para efetuar a troca de pilotos e pneus, passando o carro para seu irmão e companheiro de pista.

Fábio Ebrahim retornou na décima quinta posição e passou a imprimir bom ritmo de prova, recuperando posições a cada volta completada. Chegou a recuperar o sexto lugar na 28ª volta, mas sem condições de ganhar mais posições, administrou sua corrida sem dar chances ao sétimo colocado.

Ao fim de 46 voltas, vitória da dupla Caca Bueno/Cláudio Dahruj, seguida de Paulo Bonifácio/Sérgio Jimenez, a 3,109s, Rafael Derani/Cláudio Ricci, a 3,768s, Cleber Faria/Duda Rosa, a 5,956s; Valdeno Brito/Constantino Jr, a 16,265s, Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim, a uma volta, Fábio Groce/Daniel Groce, a uma volta e em oitavo lugar, Marcelo Hahn/Allan Khodair, a duas voltas.

“Nosso carro está com a frente mais larga, que perde em arrasto aerodinâmico. Com o restritor de potência, colocado no difusor do motor, ficamos mais lentos. Temos problemas com as arrancadas e retomadas de velocidade”, declarou Fábio.

“Na Europa, eles utilizam este restritor para equilibrar os carros da GT3. Só que lá o combustível é outro bem melhor e o ganho de potência é superior. Nossa injeção eletrônica é original de fábrica e não temos como retrabalhar o seu mapa, o que tem nos prejudicado nas últimas três corridas”, concluiu Wagner.

A oitava e última etapa da GT3 Brasil acontece nos dias 15 e 16 de dezembro, no Autódromo de Interlagos.

Com sete etapas realizadas, a classificação do Campeonato é a seguinte:
1º) Duda Rosa/Cleber Faria (SP), M-Benz SLS AMG, com 187 pontos
2º) Caca Bueno/Cláudio Dahruj (SP), BMW Z4 GT3, 181
3º) Paulo Bonofácio/Sérgio Jimenez (M-Benz LMS, SP), 164
4º) Allan Khodair/Marcelo Hahn (SP), Lamborghini LP600, 152
5º) Renan Guerra/Vanuê Faria (SP), M-Benz SLS AMG, 145
6º) Cláudio Ricci/Rafael Derani (RS/SP) Ferrari F458, 144
7º) Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim (PR), Audi R8 LMS, 127
8º) Valdeno Brito/Constantino Júnior (PB/SP) BMW Z4 GT3, com 114

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=8130

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>