Organização do DTM crê em ano empolgante com novidades e brasileiro

O DTM entra neste ano numa nova era, com novidades regulamentares que alteram consideravelmente os carros: os motores passam a ser de 2.0 litros, com quatro cilindros em linha e turbinados, além também de revisões na aerodinâmica e no peso mínimo, por exemplo, e também no âmbito dos regulamentos Class 1 para uma plataforma comum entre o DTM e o Super GT japonês.

A pouco mais de duas semanas do início da temporada, o presidente da ITR (promotora do DTM), Gerhard Berger, afirmou: “Há várias coisas novas e não sabemos o que vai acontecer. Mas estamos seguros sobre o que nós, e os adeptos, queremos, e isso é uma temporada competitiva, não sabendo quem será o campeão depois da primeira ou segunda corrida da temporada”.

Aston Martin Vantage DTM

O diretor da ITR, Achim Kostrom, alinhou pelo mesmo tom, declarando: “De uma perspectiva desportiva só queremos cumprir a nossa visão, e isto significa corridas espetaculares. E para que tudo isto? Queremos proporcionar aos adeptos este grande produto que temos e agora abrimos um novo capítulo para o DTM este ano com novos construtores – Aston Martin -, novas regras, novos circuitos – Zolder e Assen -, um novo programa para os adeptos e muitas coisas que faremos de maneira diferente”.

Em 2019 DTM e Super GT vão correr duas provas juntas

E finalmente parece que acontecerá – embora com um atraso de um ano – o início da integração do DTM com a Super GT. Em 2019 dois eventos contarão com os carros de ambas categorias. O primeiro, mais festivo, acontecerá em Fuji no Japão, nos dias 23 e 24 de novembro. Berger comentou: “Este é outro marco da parceria entre os promotores de ambos os campeonatos. Fuji é uma pista famosa mundialmente e moderna – e uma pista merecedora de um espetáculo com carros do Super GT e do DTM”.

O evento em Fuji será mais vasto colocando frente a frente diversos carros de ambos os campeonatos numa prova competitiva mas que não se insere em nenhum dos dois campeonatos. Já em Hockenheim, na última rodada da temporada do DTM, cada um dos construtores da Super GT (Honda, Lexus e Nissan) estará presente com um carro em prova, ainda que não se classificando na pontuação do campeonato. Todos os carros usarão pneus Hankook e será usado o formato do DTM, com uma roda de dupla de uma hora e sem mudança de pilotos, como ocorre no campeonato japonês.

Pietro vai disputar a temporada integral do DTM

Finalmente, quando estávamos fechando esta matéria, recebemos a informação que uma equipe nova, inscrita para correr com carros da Audi, a W Racing Team (WRT), teria confirmado sua dupla de pilotos, que contará com o brasileiro Pietro Fittipaldi fazendo dupla com um segundo piloto sul-africano nas pistas em 2019, Jonathan Aberdein. Essa informação se tornou oficial poucas horas depois e, assim, atualizamos a tabela de Equipes e Pilotos mais abaixo – confira.

DTM » Calendário de 2019 

EtapaDataCircuito
 15/5 Hockenheim
 219/5 Zolder
 39/6 Misano
 47/7 Norisring
 521/7 Assen
 611/8 Brands Hatch
 725/8 Lausitz
 815/9 Nurburgring
 96/10 Hockenheim

» Equipes e Pilotos de 2019

Parte da tabela acima está diferente da tabela oficial da categoria – o que não é nenhuma novidade, pois essa página oficial demora a ser atualizada. Tanto que na oficial ainda consta o nome de Augusto Farfus, brasileiro que desde o final de 2018 já tinha anunciado sua saída da categoria, onde nas últimas cinco temporadas não conseguiu realizar boas corridas, menos ainda vencer alguma corrida.

FJPB85

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=8386

Deixe uma resposta

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com