Estatísticas da SuperBike antes de Jerez

Com a SuperBike indo para a disputa de sua sexta etapa tripla – uma novidade implantada nesta temporada de 2019 – e com 13 corridas já disputadas (pois a prova #2 da Holanda e a prova #3 de Imola foram canceladas por causa das fortes chuvas) – algumas estatísticas são muito interessantes de apreciarmos, antes de iniciarem-se as disputas em Jerez de la Frontera.

  • Com 13 provas disputadas apenas dois pilotos venceram: Alvaro Bautista (11 vitórias) e Jonathan Rea (2); é a primeira vez na história da SuperBike que isso acontece – o recorde anterior era de 12 vitórias de apenas dois pilotos – foi em 2003 quando Neil Hodgson venceu 11 vezes e James Toseland uma;
  • Jonathan Rea pode chegar na marca de 150 pódios na categoria, se subir ao pódio nas três corridas de Jerez; atualmente ele detém a marca de 147 pódios;
  • Rea pode alcançar – e até superar – a marca atual de 24 pódios consecutivos, que é de Colin Edwards, que ele obteve na temporada de 2002 – ele tem 23 hoje;
  • Chaz Davies vai alcançar a marca de 190 largadas já na prova #1 de Jerez;
  • Davies vai torcer para largar de terceiro em Jerez, pois nesse circuito já venceu três corridas depois de largar dessa posição do grid;
  • As últimas seis vitórias nesse circuito espanhol foram de pilotos ingleses (Davies 3X, Rea 2X e Tom Sykes 1X);
  • Em cinco das seis últimas etapas nesse circuito um piloto venceu as duas provas: Roche em 1990; Laverty em 2013; Melandri em 2014; Davies em 2016 e Rea em 2017;
  • Eventualmente poderá acontecer uma inédita tripla vitória em Jerez, já que agora as etapas são sempre disputadas em regime de três corridas;
  • Nas primeiras sete etapas disputadas em Jerez, em cinco delas o pole venceu a corrida – mas desde 2016 nenhuma das cinco corridas lá disputadas foi vencida pelo pole;
  • Uma única vez em Jerez uma vitória não veio de um piloto que tenha largado nas duas primeiras filas do grid – foi com Rea que, em 2017, venceu a prova #2 largando da nona posição do grid;
  • Se Leon Haslam conseguir um pódio em Jerez 2019 ele será o terceiro piloto a levar mais de 15 anos para repetir seu primeiro pódio na pista espanhola – os outros dois foram Troy Corser (16 anos, 1 mês e 25 dias entre seu primeiro pódio em Donnington 1994 e seu último em Misano 2010) e Noriyuki Haga (15 anos, 1 mês entre Sugo 1996 e Imola 2011);

Não deixe de conferir como está o Campeonato de Pilotos da SuperBike

FJPB73

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=9148

Deixe uma resposta

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com