Morreu Stirling Moss – com mais vitórias sem nunca ser Campeão

Morreu na madrugada deste domingo, 12 de abril, Sir Stirling Moss, piloto que disputou diversas categorias, inclusive a Fórmula 1. Ficou conhecido como o piloto que mais venceu na F1 (16 vezes) sem nunca ter sido campeão.

Moss disputou 73 GPs na F1, de 1951 até 1961, onde venceu 16 vezes (um índice de quase 22% – ou seja venceu mais de 1/5 das corridas que disputou) e onde teve seus melhores anos entre 1955 e 1958, quando foi quatro vezes vice-campeão.

Emendou mais três temporadas em sequência, quando logrou ser o terceiro colocado entre 1959 e 1961.

Mas Stirling Moss é uma lenda na Inglaterra, onde nasceu em Londres à 17 de setembro de 1929, e morreu também em Londres hoje. Ele tinha 90 anos de idade, e morreu em sua casa, no bairro londrino de Myfair.

Moss entretanto tem cinco títulos de campeão em seu currículo: dois pela Fórmula 3 Inglesa (em 1948 e 1950) e outros três pelo Tourist Trophy (em 1950, 1951 e 1955).

Conhecido na Inglaterra como “Mr Motor Racing” também se destacou em provas de gran-turismo. Também nunca venceu a 24 Horas de Le Mans, mas foi um dos melhores pilotos dessa categoria, vencendo a Mille Miglia pela Mercedes, em 1958.

Em 1958 e 1959 venceu duas vezes os 1000 Quilometros de Nurburgring, pilotando pela Aston Martin, além de suas vitórias no Tourist Trophy.

Stirling era o único piloto vivo que tinha participado da temporada de 1951 da Fórmula 1 (a segunda temporada da história da categoria), e na categoria pilotou, na maior parte de sua carreira na F1, por seis grandes fábricas: Jaguar, Vanwall, Cooper, Lotus, Mercedes e Maserati. Além dessas pilotou também um HWM (2 vezes), um ERA G (3 vezes) , um Connaught (2 vezes) e um BRM (2 vezes).

Sua derrota para Mike Hawthorn em 1958, quando venceu quatro corridas – contra uma única de Hawthorn – serviu para se alterar, pela primeira vez na categoria, o sistema de pontuação, que àquela temporada deu o título para seu compatriota.

Moss sofreu gravíssimo acidente na segunda-feira de Páscoa do ano de 1962, em Goodwood, quando pilotava uma Lotus no Glover Trophy. O acidente o deixou em coma, e sua recuperação levou muitos meses. Quando tentou regressar descobriu que sua capacidade de pilotar ficaram afetadas, abandonando as corridas de forma profissional.

Sofreu um acidente doméstico, no elevador de sua casa, e depois de uma enfermidade que durou entre 2016 e 2017, se retirou completamente da vida pública.

Confira os dados biográficos de Stirling Moss fornecidos pelo site PilotosDB.com.

Confira também os pilotos com mais Vitórias na F1 fornecidos pelo site SuperSpeedway.com.br.

FJPB85

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=13003

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com