F1 na Turquia: Hamilton vence corrida louca

Lewis Hamilton, que não tinha chance de vencer no início do GP da Turquia, depois da loucura de uma pista escorregadia, louca do início ao fim, não só venceu como agora é hepta.

Foram muitas rodadas, e onde a chuva – sempre presente – ajudou a piorar o grid da pista, mas deu muitas emoções ao GP turco. Mesmo assim apenas quatro pilotos abandonaram: Antonio Giovinazzi, Nicholas Latifi, Romain Grosjean e Kevin Magnussen.

Hamilton encerrou sua corrida, que confirmou seu sétimo título, chorando bastante no pit lane, ao não só chegar à sua 94ª vitória, como principalmente ao alcançar a marca de Michael Schumacher, de ser heptacampeão da Fórmula 1. O primeiro a cumprimentá-lo foi o tetracampeão Sebastian Vettel.

O piloto inglês já tinha se sagrado campeão nas temporadas de 2008, 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019.

O pódio turco também teve a presença de Sergio Perez e Vettel., que superou Charles Leclerc por duas vezes nesta prova maluca.

Carlos Sainz Jr foi o quinto colocado sendo seguido por Max Verstappen e Alexander Albon, que completou o Top 7 desta corrida. Lando Norris, que terminou na oitava colocação da corrida, foi o autor da melhor volta da prova, completada em 1min38,806s à uma velocidade média de 194,490 km/h.

A corrida ser considerada maluca fica garantida pelo número de trocas de líderes durante as 58 voltas do GP: foram sete trocas de pilotos, com cinco líderes diferentes, como não se via há muitos anos na categoria.

Veja o Grid e o Resultado Completo do GP
Veja o Histórico Completo deste Circuito
Veja um Resumo de como ficou a Temporada da F-1
Veja como ficou o Campeonato de Construtores
Veja como ficou o Campeonato de Pilotos
Veja os Resultados dos Pilotos nesta Temporada
Veja como ficou a Batalha entre Companheiros de Equipe

» Confira os melhores classificados da prova:

#PilotoEquipeTempo
Lewis HamiltonMercedes58 voltas
Sergio PerezRacing Point+31,633s
Sebastian VettelFerrari+31,960s
Charles LeclercFerrari+33,858s
Carlos Sainz JrMcLaren+34,363s
Max VerstappenRedBull+44,873s
Alexander AlbonRedBull+46,484s
Lando NorrisMcLaren+61,259s
Lance StrollRacing Point+72,353s
10ºDaniel RicciardoRenault+95,460s

Verstappen lidera também o TL2

As condições da pista do circuito de Istambul melhoraram um pouco mais no TL2 realizado na sexta-feira, permitindo baixar todos tempos, mas Max Verstappen prosseguiu à frente.

Desta vez foi Charles Leclerc que colocou sua Ferrari logo atrás da Red Bull do holandês, com a diferença entre ambos ficando em 0,401s. A volta de Verstappen baixou o tempo do TL1 em quase 7 segundos, assim como a diferença entre o P1 e o P20, novamente uma Williams, agora a de Nicholas Latifi, baixou para 5,158s.

Até a Mercedes mostrou boa evolução, ficando agora com os tempos de P3 e P4, novamente com Valtteri Bottas a frente de Lewis Hamilton.

Embora a melhora tenha sido significativa, como há muito não se via na categoria, ainda nem perto chegou-se do tempo da pole de 2011, obtido por Sebastian Vettel, com 1min25,049s. E vários pilotos rodaram também neste TL2, numa pista ainda muito escorregadia.

Sobre a questão da qualidade e estado do asfalto desse circuito, o inglês Hamilton foi curto e grosso: “Esse asfalto é uma merda”.

» Confira os melhores no TL2:

#PilotoEquipeTempo
1Max VerstappenRed Bull1m28.330s
2Charles LeclercFerrari0.401s
3Valtteri BottasMercedes0.575s
4Lewis HamiltonMercedes0.850s
5Alexander AlbonRed Bull1.033s
6Daniil KvyatAlphaTauri1.359s
7Pierre GaslyAlphaTauri1.614s
8Sebastian VettelFerrari1.692s
9Lance StrollRacing Point1.967s
10Lando NorrisMcLaren2.577s

Verstappen lidera TL1 louco

A Fórmula 1, em seu retorno à Istambul, viu um TL1 muito louco, com muitas rodadas, sem nenhum grip por causa do asfalto “verde”, e com a melhor Mercedes aparecendo em 9º.

Max Verstappen acabou ficando com a melhor volta do TL1, mas seu tempo, 1min35,077s, ficando 10 segundos acima do tempo da pole de 2011, que foi anotada por Sebastian Vettel. Esse não era, realmente, o que os pilotos esperavam, e não se sabe quanto dessa diferença poderá ser tirada a partir do TL2.

A pista estava tão escorregadia, que Verstappen falou pelo rádio “… parece que estou dirigindo sobre o gelo”. Os tempos mostram cabalmente isso: além do melhor tempo ficar 10s acima da última pole, o último colocado ficou à mais de 14 segundos do tempo do holandês.

» Confira os melhores no TL1:

#PilotoEquipeTempo
1Max VerstappenRed Bull1m35.077s
2Alexander AlbonRed Bull0.241s
3Charles LeclercFerrari0.430s
4Pierre GaslyAlphaTauri0.466s
5Sebastian VettelFerrari0.543s
6Daniil KvyatAlphaTauri1.661s
7Lando NorrisMcLaren2.139s
8Antonio GiovinazziAlfa Romeo2.426s
9Valtteri BottasMercedes2.552s
10Esteban OconRenault3.351s

F1 retorna à Istambul 9 anos depois

Neste fim de semana a Fórmula 1 estará revisitando o circuito de Istambul, para disputar seu oitavo GP da Turquia, depois de uma ausência de nove anos, e onde Felipe Massa é o Rei.

Um circuito permanente, localizado perto da capital da Turquia, teve sete GPs, disputados a partir de 2005 e até o ano de 2011. E em seu histórico sobressai o brasileiro Felipe Massa que já largou três vezes da pole e venceu essas três vezes por lá (2006, 2007 e 2008).

Quando este circuito foi incorporado ao Calendário da Fórmula 1, ele se tornou o de número 69 a fazer parte do circo, chamado de Istambul e construído entre 2004 e 2005 na cidade de Istambul, capital da Turquia. Ele ficou nove anos afastado da categoria, retornando em 2020, o ano negro da pandemia do Corona vírus.

É um dos poucos circuitos em que se usa o sentido anti-horário, como o de Interlagos, e o de Imola.

Existem basicamente quatro trechos de retas, onde a velocidade não é alta, exceto no que pode ser chamada de reta oposta, que na verdade são duas retas separadas por uma curva suave, além de um hairpin.

Massa comentou que a mais interessante curva desse circuito é a Curva 9, que em seu tempo não era possível fazer “flat” à não ser com pneus macios e novos. Mas o brasileiro acredita que, com a evolução de uma década nos carros da categoria, neste ano muitos conseguirão fazer essa curva sem aliviar o pedal.

Dos pilotos que já correram em Istambul apenas Kimi Raikkonen, Lewis Hamilton, Sergio Perez e Sebastian Vettel ainda continuam correndo na F1. Todos deixaram suas marcas por lá, ou com uma vitória ou pole ou volta mais rápida, exceto Perez que passou sem bom resultado em 2011.

252.901FJPB2.025

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=15803

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com