MotoGP: Pilotos com mais Corridas

Muitos pilotos disputam corridas na MotoGP por diversos anos, a maioria se destacando também por conseguir muitas vitórias, já outros não conseguem tal destaque e as vezes nenhuma vitória.

Compilamos todo o histórico da MotoGP desde 1997 até o final da temporada 2021 da categoria rainha, que enfrentou com boa presteza a pandemia do Coronavirus.

Nas duas tabelas abaixo só incluímos pilotos com pelo menos 100 GPs disputados, e como sempre nossas estatísticas consideram como GPs que um piloto disputou, aqueles em que ele completou pelo menos o classificatório desse GP. E para aqueles que entraram neste rank, mas já corriam antes de 1997, contamos todas as corridas e respectivas vitórias em nosso total.

O maior destaque, sem sombra de dúvida, é o italiano Valentino Rossi, que ao final da temporada 2021, quando se aposentou da MotoGP, tinha disputado 372 GPs, tendo vencido 89 deles – uma percentagem que quase chegou nos 24% de vitórias por GP.

Mas quem tem um maior percentual de vitórias é outro italiano, Giacomo Agostini, que venceu mais de 55% dos GPs que disputou. Já o hexacampeão Marc Marquez, venceu quase 42% dos 143 GPs que disputou até a última etapa de 2021, só não ampliando essa marca porque o espanhol ainda está sofrendo com um sério acidente que aconteceu no início de 2020, perdendo quase todos os GPs daquele ano, e mais alguns nesta última temporada.


Um fato interessante é que ter feito centenas de corridas não quer dizer que tenha conseguido automaticamente muitas vitórias. Na verdade vários dos 36 pilotos que aparecem na tabela acima, tem mais de uma centena de GPs nunca venceram. Entre os já aposentados temos nesse quesito o americano Colin Edwards, que com 199 GPs nunca obteve uma vitória. Já entre os ativos temos o espanhol Aleix Espargaró, que disputou também 199 corridas e nunca venceu também. Até o seu irmão, Pol, também está zerado nas vitórias, mesmo já tendo disputado 136 GPs na classe rainha.


A tabela abaixo resume – por país – os mesmos dados: Total de GPs e Total de Vitórias. Aqui o grande destaque não é a Itália, que com oito pilotos participou de 1516 GPs e venceu 202 deles, nem a Espanha, que com 11 pilotos disputou 1837 GPs, vencendo 172 deles, mas sim a Austrália, que com quatro pilotos venceu 98 dos 536 GPs que disputou, portanto mais de 18% de vitórias.

865.140FJPB962.6

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=16354

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com