«

»

jan 19 2013

Imprimir Post

Com novas regras, SKB abre nova temporada

André Nicastro testou os novos pneus da Graduados

Pelo terceiro ano consecutivo, o Super Kart Brasil tem a missão de abrir a temporada de grandes competições da modalidade no país. Marcado para os dias 26 e 27 de janeiro no kartódromo de Interlagos em São Paulo, o SKB-09 abre o ano da velocidade com novidades que aproximam os pilotos brasileiros do cenário encontrado no kartismo europeu.

As duas principais e mais velozes categorias do evento receberam novas regras, justamente com o objetivo de oferecer aos pilotos brasileiros uma condição ainda mais próxima daquela que eles devem encontrar nas provas internacionais. A Shifter, de karts com marcha, passa a se chamar KZ2. Mas a mudança não fica apenas na nomenclatura. A categoria passa a seguir as mesmas regulamentações dos karts com marcha nos eventos mundiais.

“A KZ2 vai permitir que qualquer piloto do mundo todo possa competir no SKB com seu próprio equipamento. Será permitido usar chassis importados com homologação CIK/FIA, e também os novos motores homologados neste ano para as categorias de kart com marcha. Além disso, como acontece nas competições internacionais, qualquer piloto com a idade acima de 15 anos poderá competir. Não teremos nela a divisão entre Graduados e Seniores”, comentou André Nicastro, promotor do Super Kart Brasil ao lado de Danilo Dirani, Dennis Dirani, Paulo Carcasci, Renato Russo, Ruben Carrapatoso e Sérgio Jimenez.

Outra categoria que também se aproxima um pouco mais das normas internacionais é a Graduados, destaque nas edições do SKB em 2011 pela média de inscritos e pelo nível de competitividade. A partir do SKB-09, a classe passa a utilizar os pneus de selo “Verde” fabricados pela gaúcha MG Pneus. Os compostos são mais macios que os de selo “Amarelo” usados até então no evento, e devem oferecer mais um desafio para os pilotos.

“Com os pneus ‘verdes’, a gente terá um composto mais parecido com os usados na Europa. Na Graduados não é possível adotar o mesmo regulamento internacional porque os motores usados no Brasil são diferentes. Mas nosso objetivo é deixá-la o mais próximo possível do que os pilotos vão encontrar no exterior”, destacou Nicastro, que já fez os testes com a nova borracha.

“Muda o acerto do kart e deixa o ritmo da corrida mais rápido. Vai ser um desafio novo para os pilotos, sem dúvida. Isso tudo sem alterar o desgaste, que é praticamente o mesmo”, completou.

Entre as demais novidades confirmadas para o SKB-09, está a entrada da categoria Super Sênior – atendendo a pedidos de pilotos nascidos até 1974 – e a introdução do uso de câmeras on-board em todos os karts inscritos. A medida, que já é utilizada em competições internacionais, visa diminuir o número de incidentes e, também, evitar penalizações indevidas. O aluguel e manuseio dos equipamentos ficará a cargo da Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP).

“Como já acontece nas competições promovidas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), todos os karts serão equipados com câmeras na carenagem dianteira e elas serão as imagens válidas para a análise de eventuais reclamações”, contou Nicastro. “Todas essas câmeras serão fornecidas pela Federação e ela ficará responsável por toda a supervisão técnica desse equipamento, sendo que os pilotos deverão possuir apenas o suporte”.

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=8515

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>