«

»

out 16 2011

Imprimir Post

Gravíssimo acidente mata Dan Wheldon na prova da IndyCar em Las Vegas

|Dan Wheldon - 1978 - 2011|

|Dan Wheldon - 1978 - 2011|

Aqui nossos sentimentos para a família do ainda jovem campeão da IndyCar, o inglês Dan Wheldon, que não resistiu aos graves ferimentos sofridos no horrível acidente na 11ª volta do GP de Las Vegas da IndyCar, quando tentava levar um super-prêmio de US$ 2,5 milhões, se conseguisse vencer a prova, largando da última posição do grid.

Descanse em paz, Dan!

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

|Grande Big One na prova de Las Vegas da IndyCar|

Um gravíssimo acidente, ocorrido ainda na 11ª volta do GP de Las Vegas, última etapa da IndyCar em 2011, encerra a prova com bandeira vermelha. Um total de 13 carros foram envolvidos, incluindo Will Power. Com isso o título já é do escocês Dario Franchitti, piloto da Chip Ganassi, que se torna assim tetra-campeão da IndyCar.

As quatro conquistas do piloto, de 38 anos, foram consecutivas, de 2007 até 2011.

Já os pilotos envolvidos, além de Power, são: Wade Cuningham, J. R. Hildebrand, Townsend Bell, Jay Howard (que capotou várias vezes com o seu carro), Tomas Scheckter, Charlie Kimball, Paul Tracy, Ernesto Viso, Dan Wheldon, Alex Lloyd, Pippa Mann, e Buddy Rice.

As notícias não confirmam a extensão dos ferimentos, mas parece que apenas Pippa – que machucou a mão – e Wheldon, ficaram feridos. Entretanto há relatos que a situação de Wheldon seria muito grave, com pessoas chorando na pista.

Novas informações dão conta que um helicoptero acaba de levar o piloto inglês, Dan Wheldon, para um hospital, para cuidados intensivos. As perspectivas não parecem nada boas, por enquanto.

Depoimento de Paul Tracy, pós-acidente: “Quando eles levaram Wheldon ao centro médico, nos tiraram de lá porque a coisa era feia”.

Já o multicampeão Franchitti  minimizou seu feito (agora é tetracampeão da IndyCar) diante do estado de saúde de Dan Wheldon, que foi levado de helicóptero a um hospital da cidade em estado grave depois da forte batida. “Neste momento, estou preocupado com Dan. É tudo com o que devo me preocupar. Não há informe oficial, vamos esperar”, afirmou.

“O que vimos foi uma completa loucura. Vamos ver se a prova vai continuar, se há condições”, criticou o piloto, conhecido pela liderança que exerce na busca por segurança a todos os competidores na categoria.

Franchitti tentou descrever o que viu do acidente: “Todos estavam muito próximos e, de repente, eu vi vários carros rodando e alguns passaram voando do meu lado”, explicou.

|Encerramento da Homenagem dos Pilotos à Dan Wheldon|

Como o acidente começou:

O acidente começou com um toque entre Sebastian Saavedra e James Hinchcliffe na curva 1. O colombiano, então, perdeu a traseira do carro e acabou atingido pelos outros pilotos.

O brasileiro Tony Kanaan, que liderava a prova no momento do acidente, também se mostrou impressionando com o big one: “Uma pista com tanta gente assim, correndo tão perto, é potencial para um desastre. Nunca tinha visto algo assim na minha carreira.”

Oficial: Dan Wheldon morreu

A declaração oficial do presidente da IRL, feita às 20:18h no horário brasileiro de verão, confirmou a morte do piloto inglês, de 33 anos.

|Outro ângulo do acidente múltiplo em Las Vegas|

O piloto Dan Wheldon corria na IndyCar desde 2002. Mas nesta temporada de 2011 ele só tinha participado em duas provas. Na Indy500 ele venceu, mas em Kentucky terminou apenas na 14ª colocação.

Boatos nesta semana davam conta que ele já teria acertado a maioria dos detalhes para entrar na equipe Andretti Autosport, na temporada de 2012, substituindo a pilota Danica Patrick, que sai da categoria para correr na Nascar.

Wheldon foi campeão uma vez na categoria (foi na temporada de 2005), onde venceu 16 provas (duas vezes na Indy500), subiu ao pódio em 43 oportunidades, por cinco vezes foi pole e em 13 ocasiões fez a volta mais rápida da prova. Disputou um total de 135 GPs, quando acumulou 3758 pontos.

|Carro de Wheldon ao bater na cerca de proteção|

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

A Nascar, através de seu presidente Brian France, reagiu ao lamentável acontecimento, que vitimou o atual campeão da Indy500, divulgando uma nota onde afirmava: “A Nascar oferece suas mais profundas simpatias e condolências à família de Dan Wheldon, seus companheiros e toda a comunidade da IndyCar Series, pela sua trágica perda de hoje. Eles estarão em nossos pensamentos e preces durante estes tempos muito difíceis.”

|Dan Wheldon e Família ao receber a taça da Indy500|

Veja mais aqui: Estatísticas de Wheldon na IndyCar


Veja mais aqui: Biografia de Wheldon

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Finalmente colocamos um emocionante vídeo, não do acidente, mas sim de algo nunca visto antes: a homagem na própria pista dos colegas pilotos, em memória de um companheiro morto – pela primeira vez na história uma prova foi cancelada após a constatação da morte, e todos os 19 carros sobreviventes fizeram cinco voltas na pista, para se despedirem do colega:

Dan Wheldon: * 22/06/1978 + 16/10/2011

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=934

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>