Voltar para Rank de Pilotos

Como é calculado o Rank?

Para facilitar a compreensão da metodologia de cálculo do Rank II do Super Speedway (o RSSII), elaboramos uma explanação, que é apresentada mais abaixo na forma de perguntas e respostas, extraídas de nossas discussões internas no Super Speedway e no EsportesMotor, cujos indicadores foram sendo ajustados ao longo da fase de planejamento, para refletir o mais realmente possível os desempenhos dos pilotos ao longo de cada temporada:

» Quais os Tipos de Consultas que poderemos fazer?
No Rank de Pilotos temos vários tipos de Consultas, são seis ao todo, e que estão à disposição de nossos visitantes:

Rank por Categoria,
Rank Geral,
Rank Completo do Piloto,
Rank Final de cada Temporada,
Comparativos entre Temporadas,
Sobe e Desce no Rank Semanal.

Tudo sobre os Esportes a Motor
Fórmulas, Motos, Turismo, Rali e muita Estatística

» Mas COMO na verdade é calculado o Rank de um piloto?
É calculado levando-se em conta vários indicadores para aferir a performance de cada piloto, com pesos ponderados (pela relevância do indicador) – para as provas disputadas no ano. Também se pesa a importância da categoria no cenário dos Esportes a Motor. Assim categorias mais relevantes têm pesos maiores que uma menos relevante.

A cada ano reavaliamos os pesos dados a cada grupo de categoria/indicadores, para que sempre o resultado reflita o mais realmente possível a melhor equalização das categorias no quadro geral do Rank.

» QUAIS são os Indicadores que são usados no Rank?

Basicamente utilizamos diversos indicadores, cujo objetivo é “medir” como um piloto pode ser comparado à outro – tanto em sua própria categoria, como com pilotos de outras categorias. A maioria estão pressentes no rank de todas as categorias, outros apenas nas categorias onde esses indicadores podem ajudar a medir de forma mais completa suas performances.

Usamos:

  • total de vitórias
  • total de pódios (para a Nascar usamos os Top 3)
  • total de Top 5
  • total de Top 10
  • total de poles
  • total de corridas em que fez a melhor volta
  • total de corridas em que apareceu na liderança
  • quantas posições subiu, da largada até a volta final
São quase 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos dos Esportes a Motor

» QUAIS categorias estão no Rank?
O Novo Rank do Super Speedway usa apenas as categorias de topo no cenário mundial.

Foram cinco categorias em 2010 (**), seis em 2011 e alcançou um total de sete categorias na temporada de 2012. Para a temporada de 2013 entrou uma das maiores e melhores categorias de carros turismo do mundo, o DTM alemão, que disputa suas etapas em vários países da Europa. Finalmente em 2015 entrou a chamada categoria Rainha da Motovelocidade, a MotoGP.

Assim, a partir de 2015 alcançamos a marca de nove categorias fazendo parte do Rank de Pilotos II: a Fórmula 1 e a GP-2, a IndyCar e a Indy Lights, a Nascar Sprint Cup e a Nationwide Series – agora denominada de Xfinity Series -, a Stock Car, o DTM e a MotoGP. Já em 2016, completamos dez categorias no Rank, com a inclusão do Mundial de Rali – o WRC. Após eliminar categorias de base, sem muita relevância com relação às demais, em 2018, finalmente para 2019 incluímos a categoria exclusiva de carros elétricos, a Fórmula E.

Para equilibrar melhor a balança – evitando que uma categoria se destaque por um indicador específico, adotamos ajustes que compensam alguma diferença mais marcante. Estes ajustes podem ser vistos na primeira tabela acima, onde os pesos são diferentes para cada categoria.

Ao final de cada ano calculamos um índice de reajuste mais específico, se for necessária uma melhor equalização – evitando-se assim que uma categoria possa se destacar de maneira desproporcional ao esforço que seus pilotos têm que fazer para serem campeões, sem deixar de dar o devido valor ao peso de cada categoria no cenário mundial e brasileiro.

(**) Histórico das categorias cobertas a cada ano:


2006: Estabelecida a primeira edição do Rank II de Pilotos
Categorias inseridas no Rank de Pilotos:
2006/2008: Fórmula 1, GP-2, IndyCar, Indy Lights
2009/2010: Fórmula 1, GP-2, IndyCar, Indy Lights, Nascar
2011: Fórmula 1, GP-2, IndyCar, Indy Lights, Nascar, Nationwide
2012: Fórmula 1, GP-2, IndyCar, Indy Lights, Nascar, Nationwide, Stock Car
2013/2014: Fórmula 1, GP-2, IndyCar, Indy Lights, Nascar, Nationwide, Stock Car, DTM
2015: Fórmula 1, GP-2, IndyCar, Indy Lights, Nascar, Xfinity, Stock Car, DTM, MotoGP
2016/2017: F-1, F-2, IndyCar, Indy Lights, Nascar, Xfinity, Stock Car, DTM, MotoGP, WRC
2018: Fórmula 1, Fórmula 2, IndyCar, Nascar, Stock Car, DTM, MotoGP, WRC
2019/21: Fórmula 1, Fórmula 2, IndyCar, Nascar, Stock Car, DTM, MotoGP, WRC, F-E

473.754FJPB523.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?page_id=1218

2 menções

  1. […] relacionados:RANK completo Como é Calculado o Rank Rank dos […]

  2. […] Como é calculado o Rank? […]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com