Retornar para Diversos

Dobradinhas da Fórmula 1

Uma das mais conhecidas dobradinhas da Fórmula 1 de todos os tempos foi ultrapassada por um nova dobradinha antes da metade da temporada 2015 da categoria, mas nenhuma das duas é a que obteve a maior quantidade de dobradinhas – isto é: vencedor e segundo colocado da mesma equipe numa mesma prova.

No fim de semana do GP do Canadá, realizado em 07 de junho de 2015, a dupla de pilotos da Mercedes, composta pelo inglês Lewis Hamilton e pelo alemão Nico Rosberg, alcançou a marca de 15 dobradinhas, superando a famosa dupla da McLaren, composta pelo brasileiro Ayrton Senna e pelo francês Alain Prost, que entre 1988 e 1989 tinha chegado à 14 dobradinhas com seus pilotos.

Mas até o GP do Japão, mais quatro dobradinhas foram alcançadas pelos pilotos da Mercedes, chegando assim à marca de 19 – exatamente no meio do caminho entre a McLaren de Senna e Prost e a Ferrari de Schumacher e Barrichello. E quando finalmente a temporada 2015 da categoria terminou, com outra dobradinha da Mercedes, ela alcançou a marca das 23 dobradinhas. A apenas uma do recorde ainda mantido pela Ferrari, de 24 dobradinhas de Schumacher com Barrichello.

São números que traduzem muito bem o incrível domínio que atualmente a Mercedes vem impondo na Fórmula 1. Das 38 corridas disputadas nesta era dos motores V6 turbo – a partir de 2014 -, o time venceu 32 vezes, fez 36 pole positions e 25 voltas mais rápidas, além das 23 dobradinhas citadas acima.

Mas, com o domínio assombroso – maior até que o da dupla Sebastian Vettel e Mark Alan Webber pela Red Bull – da Mercedes poderá significar, que a dupla com maior número de dobradinhas já alcançadas, a de Rubens Barrichello e Michael Schumacher na Ferrari, possa ser alcançada já na primeira etapa de 2016.

 

— FJPB —

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?page_id=5073

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.