Bandeirada: Síndrome

SÍNDROME:

Fernando Alonso, depois de muita luta, vê seu título ameaçado pela síndrome das largadas. Em toda a temporada, deixou de marcar pontos somente duas vezes. Motivos: batidas com os carros pretos e dourados na Lotus-Renault, nas largadas de Spa e Suzuka.

DETALHES:

Vejam só como é complicado ser campeão da f1. Felipe Massa, por exemplo, perdeu um título na subida da junção, Interlagos, nos últimos segundos de prova final, em 2008. Alain Prost, por exemplo, perdeu o título de 1988, com mais pontos que o campeão. Num esdrúxulo campeonato com descartes de pontos. Agora, Fernando Alonso, pode perder o tri, depois de uma temporada em que carregou a Ferrari nas costas, por força de dois acidentes provocados na primeira curva. Não é fácil ser campeão na F1.

MIXURUCA:

Mixuruca é a nota da GP Japão. Bem pobre de emoções. Vettel despencou na frente. As demais ultrapassagens aconteceram nas paradas. Poucas coisas de tirar o sono nas posições intermediárias. E aí eu me pergunto: será que ficamos muito exigentes?

DESMOBILIZADO:

Quem pareceu desmobilizado no GP Japão foi o inglês Lewis Hamilton. Chegou a ser considerado favorito, escolhido pela imprensa, após os treinos livres. Não largou bem no grid, fez uma corrida burocrática e parece ter jogado a toalha. Olha! São cinco provas até o final. Tem muita coisa pela frente. Tudo ainda pode acontecer.

SEGUE:

E segue a temporada. Agora, na Coréia. Sabe-se lá o que pode acontecer. Só não quero sentir sono na madrugada.

(Artigo escrito por Vicente Majó da Maia)

899.692FJPB6.1

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/?p=3180

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com