Dakar 2020 será na Arábia Saudita

Está decidido – só falta o anúncio oficial – mas a organização do Dakar, a ASO (Amaury Sport Organisation), já assinou contrato com a Arábia Saudita, pelos próximos cinco anos, para levar a disputa do Maior Rali do Mundo, para o Oriente Médio.

Será a primeira vez que o Rali Dakar será disputado nesse região, depois de 29 anos sendo disputado na África – de 1979 até 2007 – e mais onze anos na América do Sul – de 2009 até 2019. Nesta última edição já estava claro que o Dakar na América do Sul tinha chegado ao final, com apenas um único e pequeno país sediando a edição mais curta de sua história, o Peru.

Fator muito importante para o acordo entre a ASO e o governo da Arábia Saudita é o financeiro, com o governo local desembolsando cerca de € 15 milhões por ano (mais de R$ 65 milhões).

A Ásia será assim o quarto continente da história do Dakar, após África, Europa e América do Sul. Para 2020 o Dakar partirá da capital saudita, Riade, sendo totalmente realizado em solo daquele país. Como sempre o rali será disputado durante parte do mês de janeiro.

A ideia da organização da prova é fazer com que a Arábia Saudita seja o palco principal, mas não o único dos próximos Ralis Dakar, com o roteiro passando por países como Omã, Jordânia e Egito.

Três pilotos da região já manifestaram alegria pela mudança: Yazeed Al-Rajhi, Mohammed Al Twaijri e o atual campeão nos Carros, Nasser Al-Attiyah. A participação dos sul-americanos, entretanto, deve cair sensivelmente, pelo aumento dos custos para correr tão longe de casa, e os dois títulos do Brasil podem ser os únicos para sempre. Ambos os títulos foram nos UTVs, em 2017 com Leandro Torres e em 2018 com Reinaldo Varela.

1.384.028FJPB1.101

Link permanente para este artigo: http://www.esportesmotor.com/dakar-2020-sera-na-arabia-saudita/

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.