SBK: Toprak e Yamaha se separam no fim do ano

Toprak Razgatlioglu e a Yamaha irão se separar ao final da temporada 2023 da SuperBike, após quatro anos de trabalho, e que levou ao primeiro campeonato de um turco na categoria.

Depois do título de 2021 Toprak quis passar para a MotoGP, mas não encontrou vontade da fábrica em tentar essa ação. Recentemente as negociações sobre a renovação do contrato para 2024 emperrou no valor requerido pelo piloto, mas que a equipe japonesa não considerou viável.

Poucas horas após o anúncio da Yamaha e a confirmação da cisão pelo próprio piloto. a equipe BMW Motorrad SBK confirmou que tinha fechado um contrato com Toprak para 2024. Não foi informada a duração desse contrato, nem no lugar de quem Toprak entraria. Já o valor desse contrato estaria em torno dos € 1,2 milhão neste primeiro ano.

Seção da SuperBike – Campeonato de Motos adaptadas de fábrica

Na atual dupla da BMW estão dois pilotos que vem tendo um péssimo rendimento na atual temporada. O inglês Scott Redding e o holandês Michael van der Mark. Redding está decepcionando a equipe, só conseguindo acumular até aqui 34 pontos no campeonato, onde é o 15º colocado, enquanto Van der Mark está logo atrás, em 16º, com apenas 19 pontos, principalmente pelos diversos afastamentos médicos.

Durante os anos com a Yamaha, sua principal luta foi contra o piloto inglês, o multicampeão Jonathan Rea, da Kawasaki, e depois com o espanhol Alvaro Bautista.

Nesse pouco tempo Toprak já acumula 34 vitórias e se converteu no piloto mais laureado da história da Yamaha na SuperBike. Números esses que ele ainda pretende ampliar no restante da temporada atual, onde ainda faltam a ser disputadas sete etapas triplas.

São mais de 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos das mais importantes categorias dos Esportes a Motor no Mundo
1.756.288FJPB1.421

Link permanente para este artigo: https://www.esportesmotor.com/sbk-toprak-e-yamaha-se-separam-no-fim-do-ano/