Dakar: As novidades para 2024

O Rali Dakar é o rali mais duro – e perigoso – do mundo. E a edição de 2024, novamente apenas na Arábia Saudita, deve manter esse status, incluindo uma especial de 48 horas.

O Dakar 2024 começará no dia 5 de janeiro, pela cidade de Al-Ula, e se encerrará no dia 19 em Yanbu, depois de atravessar muitas dunas e desertos, além do tradicional “Empty Quarter” onde se disputará uma gigantesca etapa maratona, de 48 horas de duração.

Os detalhes das etapas ainda não foram divulgados pela organização, porém deverão ser cerca de 5.000 km de extensão. Haverá, novamente, um prólogo – para definir a ordem de largada do primeiro dia – seguido de 12 estágios, num total de 14 dias de corrida.

Confira tudo sobre todas as edições do Rali Dakar desde 2007 clicando aqui!

A etapa Maratona de 48 Horas

A maior novidade, e isso em toda a história do Dakar, é a etapa de 48 Horas do Dakar 2024. Essa etapa consistirá em dois dias, com as limitações próprias de uma especial tipo maratona – onde não haverá ajuda externa das equipes aos seus pilotos e veículos.

Os pilotos iniciarão suas jornadas nessa maratona às 7h da manhã, e obrigatoriamente terão que parar às 16h. Terão um total de oito “vivacs“, para onde terão que se dirigir assim que os relógios marcarem as 16h.

Os pilotos não terão conexão com o mundo exterior, portanto não terão como saber como estão seus rivais naquele momento. No total serão 600 km dessa etapa, que terá dois trajetos diferentes, uma para motos e quadris, e outro para carros e trucks.

Aqui você sempre encontra Dicas e Soluções importantes para suas viagens. E o melhor, com muitas Ferramentas e Dicas para você economizar muito nas suas viagens.

Mudança dos Nomes das Categorias

Uma grande novidade no cenário dos ralis cross-country acontecerá para 2024, já iniciando à partir do Dakar.

Na reunião de seu Conselho Mundial, em Genebra (Suíça), a FIA tornou oficial a mudança de nome das categorias da modalidade nas provas e campeonatos internacionais. Saem as siglas (com uma exceção) e entram os nomes. A ideia é tornar mais simples o entendimento das diferentes classes e simplificar a terminologia usada.

A T1 (conhecida até agora como a Carros, que inclui as subdivisões T1+, T1 e T1U, para energias alternativas), passa a ser conhecida como Ultimate. A T2 (também de Carros mas para modelos derivados de produção) se transforma em Stock.

A divisão T3 dos UTVs, que agrupa protótipos e modelos de maior preparação (e era conhecida até agora como a LWP, ou LightWeight Protótipo), vira Challenger. E a T4 (modelos de menor preparação) continuará a ser conhecida como SSV, de side by side vehicle.

Finalmente a T5, para os caminhões, continuará usando seu nome lógico: Truck.

A nomenclatura dos eventos também será alterada: as provas de rally cross-country passam a ser conhecidas como Rally-Raid, e os eventos mais longos, como o Rali Dakar, se tornam Marathon Rally-Raid. Justamente o Dakar 2024 marcará a estreia desses novos nomes – a A.S.O., promotora do Mundial (W2RC) participou dos estudos para as mudanças.

Os diferentes países podem manter suas próprias divisões de categorias nas competições nacionais, de acordo como o entendimento das suas federações ou confederações.

1.566.991FJPB1.581

Link permanente para este artigo: https://www.esportesmotor.com/dakar-as-novidades-para-2024/

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.