Lauda definiu tudo: Problema da Ferrai é o comando de italianos

Niki Lauda deu uma explicação sui generis para a situação que a Ferrari vive atualmente. Para o austríaco, o motivo de a escuderia italiana estar em crise é justamente o fato de o comando da escuderia de Maranello ser feito por um grande número de italianos.

O ex-piloto da F1 afirmou que o jeito de ser dos dirigentes nascidos no país da equipe não ajuda em nada o desempenho do time. Lauda acredita que para que a Ferrari consiga superar os problemas que tem enfrentado neste Mundial, sua cúpula deveria voltar a ter integrantes de nacionalidades distintas, como na época do francês Jean Todt e do britânico Ross Brawn.

“Naqueles dias, Ross, por ser inglês, era a ligação perfeita entre os italianos, com aquela ‘cultura espaguete’, e Michael Schumacher, com a típica eficiência alemã”, declarou o tricampeão.

“Agora, as pessoas que controlam o time são todas da Itália. Isso funciona? Isso pode ser caótico”, acrescentou, referindo-se ao desempenho ruim que a equipe tem apresentado neste início de temporada.

Após não conseguir chegar na zona de pontuação nas três primeiras corridas do ano, a Ferrari tem seu pior começo de campeonato desde 1981, quando também passou em branco nas três primeiras etapas. No momento, a escuderia vermelha compartilha com a Force India o último lugar no Mundial de Construtores.

1.632.013FJPB1.7

Link permanente para este artigo: https://www.esportesmotor.com/lauda-definiu-tudo-problemas-da-ferrai-e-o-comando-de-italianos/

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.