MotoGP: Vinhales vence GP do Qatar

A Yamaha venceu o primeiro GP da temporada 2021 da MotoGP, pela moto do espanhol Maverick Vinhales, que chegou 1,092s à frente de Johann Zarco, com Francesco Bagnaia completando este pódio.

O atual campeão Joan Mir, piloto da Suzuki, completou a corrida na quarta colocação, mas estava em segundo lugar até a reta final, quando foi simplesmente ultrapassado tranquilamente pela velocidade das duas Ducati. Fabio Quartararo foi o quinto colocado, à frente de Alex Rins e dos irmãos Espargaró, com Aleix em sétimo e Pol em oitavo.

Valentino Rossi, que abriu a segunda fila do grid, acabou perdendo rendimento, concluindo a corrida na 12ª colocação, à frente das KTM de fábrica, com Miguel Oliveira à frente de Brad Binder.

Veja o Resultado Completo deste GP
Saiba como ficou o Campeonato de Pilotos
Reveja as provas já disputadas e os Pódios e Poles
Confira as Estatísticas dos Pilotos nesta Temporada
Confira o Resumo dos Resultados das Equipes até agora

» Confira os melhores na prova:

#Piloto (Nac)MotoEquipePtos
Maverick Vinhales (ESP)YamahaYamaha MotoGP25
Johann Zarco (FRA)DucatiPramac Racing20
Francesco Bagnaia (ITA)DucatiDucati Team16
Joan Mir (ESP)SuzukiTeam Suzuki Ecstar13
Fabio Quartararo (FRA)YamahaYamaha MotoGP11
Alex Rins (ESP)SuzukiTeam Suzuki Ecstar10
Aleix Espargaró (ESP)ApriliaAprilia Gresini9
Pol Espargaró (ESP)HondaRepsol Honda Team8
Jack Miller (AUS)DucatiDucati Team7
10ºEnea Bastianini (ITA)DucatiAvintia Esponsorama6
São mais de 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos das mais importantes categorias dos Esportes a Motor no Mundo

MotoGP vê pole inédita de Bagnaia

A largada para a etapa de abertura da temporada 2021 da MotoGP, em Losail no Qatar, terá uma pole inédita para o jovem Francesco Bagnaia. O piloto da Ducati Team fez a volta em 1min52,772s.

Esta volta é o novo recorde desse circuito, alcançando a velocidade média de 171,7 km/h.

Três motos Yamaha seguem o pole, com Fabio Quartararo e Maverick Vinhales da Yamaha MotoGP à frente da Yamaha SRT de Valentino Rossi. Jack Miller, com a segunda moto da Ducati Team, e Johann Zarco, com a Ducati da Pramac Racing, completam a segunda fila do grid da corrida deste domingo.

A Yamaha de Franco Morbidelli abre a terceira fila, que ainda terá a Aprilia de Aleix Espargaró e a Suzuki de Alex Rins. O atual campeão, e companheiro de Rins na Suzuki Ecstar, o espanhol Joan Mir, ficou com a décima posição do grid, e abrirá a quarta fila do grid.

Aqui você sempre encontra Dicas e Soluções importantes para suas viagens. E o melhor, com muitas Ferramentas e Dicas para você economizar muito nas suas viagens.

» Confira os melhores no grid da prova:

 #Piloto (Nac)MotoEquipe
Francesco Bagnaia (ITA)DucatiDucati Team
Fabio Quartararo (FRA)YamahaYamaha MotoGP
Maverick Vinhales (ESP)YamahaYamaha MotoGP
Valentino Rossi (ITA)YamahaYamaha SRT
Jack Miller (AUS)DucatiDucati Team
Johann Zarco (FRA)DucatiPramac Racing
Franco Morbidelli (ITA)YamahaYamaha SRT
Aleix Espargaró (ESP)ApriliaAprilia Gresini
Alex Rins (ESP)SuzukiTeam Suzuki Ecstar
10ºJoan Mir (ESP)SuzukiTeam Suzuki Ecstar
11ºTakaaki Nakagami (JAP)HondaLCR Honda
12ºPol Espargaró (ESP)HondaRepsol Honda Team

MotoGP inicia temporada sem Marquez

Neste final de semana, em Losail no Qatar, a MotoGP estará dando a largada em sua temporada de 2021, e já sabemos que sem um de seus maiores pilotos: o espanhol hexacampeão Marc Marquez.

Afastado das pistas depois de quebrar o braço na etapa de abertura da temporada 2020, e que teve sérias sequelas após tentar voltar às pistas logo em seguida à sua cirurgia, ele tinha esperança – assim como toda a mídia esportiva espanhola – de começar esta temporada já correndo.

Confira nossos serviços, incluindo um encurtador de link inédito

Mas após nova consulta médica, nesta segunda-feira, o piloto de 28 anos declarou que não só perderia a abertura da temporada, mas também não participaria da segunda, a ser disputada na próxima semana, o GP de Doha, no mesmo circuito de Losail.

Bom para Stefan Bradl, que voltará a substituir Marc na equipe Repsol Honda, e que declarou: “Uma pena para Marquez, uma grande oportunidade para mim”.

E veremos o maior piloto da história da Motovelocidade, o italiano Valentino Rossi, indo para sua 26ª temporada na classe rainha, mas a primeira em uma equipe satélite, a Yamaha SRT. Mas o italiano declarou que ainda vai querer correr mais duas outras temporadas, pelo menos.

1.639.751FJPB1.1.075

Link permanente para este artigo: https://www.esportesmotor.com/motogp-inicia-temporada-sem-marquez/

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.