SuperBike: Muda novamente o Calendário de 2021

A SuperBike anunciou nesta quinta-feira (29/04) mais uma mudança em seu calendário para 2021. Desta vez vez saiu a etapa da Austrália, mas entra uma nova na República Tcheca..

Mas a corrida não será mais em Brno, onde foram disputadas todas as seis corridas anteriores nesse país, com a última edição sendo realizada no ano de 2018. O circuito escolhido para esta temporada foi o Autodrom Most, localizado perto de Praga, a capital do país.

Em 16/04 uma nova alteração tinha sido anunciada no calendário da temporada 2021, que até agora ainda não conseguiu ser iniciado. A última alteração afetava a etapa no Estoril.

Ela abriria a temporada, depois passou para seu final, agora retorna para a primeira parte do calendário, se tornando a segunda etapa desta temporada. Com isso a temporada terá duas etapas em duas semanas consecutivas, ou seja, em nove dias seis corridas.

Mas o campeonato continua prevendo 13 etapas triplas em 2021.

Aqui você sempre encontra Dicas e Soluções importantes para suas viagens. E o melhor, com muitas Ferramentas e Dicas para você economizar muito nas suas viagens.

Como aconteceram as mudanças anteriores

Nova alteração do Calendário 2021 da SuperBike adia, sine die, a data da etapa de abertura, que seria no circuito de Estoril em Portugal, relegando-a para o final da temporada.

Ela passará então a ser a 13ª etapa do mundial, já que outra alteração anunciada nesta terça-feira foi a inclusão de uma etapa nova, que será a estreia do circuito de Navarra, na Espanha, agendada para os dias 21 e 22 de agosto. Com isso serão quatro as etapas em solo espanhol.

Anteriormente – em 16/02 – a organização já tinha divulgado uma nova alteração em seu calendário para a temporada 2021, novamente por causa da pandemia do Coronavírus. A etapa em Assen foi adiada para julho.

Agora a abertura será em Portugal, no circuito do Estoril. A data passou então de 24-25 de abril, para 08-09 de maio. O restante das etapas permanecem, por enquanto, nas mesmas datas.

Quanto ainda falta para iniciar a temporada da SuperBike:
-1120Dias -10Horas -31Min -48Seg

O Grid da SuperBike

A dois meses e meio da abertura da temporada da SuperBike a categoria já tem praticamente o grid fechado, faltando apenas as vagas na MIE Racing Honda, e confirmando a saída da Ten Kate.

A equipe oficial da Kawasaki manterá uma escalação inalterada este ano, com o seis vezes campeão Jonathan Rea se juntando a Alex Lowes pela segunda temporada consecutiva após a chegada deste último em 2020. Já a cliente da Kawasaki, Pedercini Racing, passará a correr com duas motos, e Loris Cresson segue após uma única aparição com a equipe em 2020 e se juntará ao ex-piloto da Barni Ducati Samuele Cavalieri.

Puccetti Kawasaki deu ao campeão mundial de Supersport de 2017, Lucas Mahias, a oportunidade de substituir Xavi Forés, enquanto Isaac Viñales irá correr a mais recente ZX-10RR com Orelac Racing.

A formação da Ducati passou por várias mudanças durante o inverno europeu. Michael Rinaldi foi promovido à equipe oficial ao lado de Scott Redding, enquanto Chaz Davies foi para o outro lado entrando na equipe satélite Go Eleven.

Tito Rabat juntou-se à Ducati depois de ficar sem lugar na Avintia MotoGP e vai competir com a equipe Barni. A Motocorsa Racing vai alinhar Axel Bassani, o piloto mais jovem do grid aos 21 anos.

Na Yamaha, Toprak Razgatlioglu liderará a equipe oficial e terá a companhia do atual campeão da WSSP, Andrea Locatelli.

Garrett Gerloff manteve o seu assento GRT depois de uma boa temporada de estreia, na qual foi convocado pela Yamaha para participar nos treinos de sexta-feira para a corrida de MotoGP em Valência, enquanto Valentino Rossi aguardava os resultados do seu teste COVID-19. Gerloff vai dividir o pit GRT com Kohta Nozane, que participou de um grande prêmio.

São mais de 1.500 biografias e estatísticas de Pilotos das mais importantes categorias dos Esportes a Motor no Mundo

O Team Ten Kate desapareceu da lista de inscritos, meses depois de seu piloto Loris Baz revelar dúvidas sobre o futuro da equipe na categoria. A Ten Kate foi substituída por uma nova equipe satélite Yamaha, Gil Motor Sport, que vai competir com Christopher Ponsson, filho do dono da equipe Jean-Christophe Ponsson.

Álvaro Bautista e Leon Haslam continuarão a pilotar pela Honda após a atualização da montadora japonesa no ano passado. Haverá duas CBR1000RR-Rs adicionais no grid para a equipe MIE Racing, que ainda não revelou sua formação para 2021.

Finalmente, a BMW terá uma presença maior na SuperBike após a notícia de que adicionou duas equipes satélites à sua lista. Eugene Laverty e Jonas Folger, ambos com experiência anterior na MotoGP, vão pilotar as duas motos RC Squadra Corse e MGM Racing, respectivamente.

A equipe oficial da BMW também passou por uma grande mudança, com a ex-estrela da Yamaha Michael van der Mark a juntar-se à marca ao lado do campeão de 2013, Tom Sykes.

Confira nossos serviços, incluindo um encurtador de link inédito

Confira o Grid da SuperBike para 2021:

EquipeMotoPilotos (#)
Kawasaki Racing TeamKawasaki ZX-10RRUnited Kingdom Jonathan Rea (#1)
United Kingdom Alex Lowes (#22)
Aruba.IT Racing DucatiDucati Panigale V4 RUnited Kingdom Scott Redding (#45)
Italy Michael Rinaldi (#21)
Team HRCHonda CBR1000RR-RSpain Alvaro Bautista (#19)
United Kingdom Leon Haslam (#91)
Pata Yamaha WorldSBK TeamYamaha YZF R1Turkey Toprak Razgatlioglu (#54)
Italy Andrea Locatelli (#55)
BMW Motorrad WorldSBK TeamBMW S1000 RRNetherlands Michael van der Mark (#60)
United Kingdom Tom Sykes (#66)
GRT Yamaha WorldSBK TeamYamaha YZF R1United States Garrett Gerloff (#31)
Japan Kohta Nozane (#3)
Orelac Racing KawasakiKawasaki ZX-10RRSpain Isaac Viñales (#32)
Bonovo Action BMWBMW S1000 RRGermany Jonas Folger (#94)
Squadra Corse RC BMWBMW S1000 RRUnited Kingdom Eugene Laverty (#50)
TPR Team Pedercini RacingKawasaki ZX-10RRBelgium Loris Cresson (#84)
Italy Samuel Cavalieri (#76)
Kawasaki Puccetti RacingKawasaki ZX-10RRFrance Lucas Mahias (#44)
Team GoElevenDucati Panigale V4 RUnited Kingdom Chaz Davies (#7)
Gil Motor Sport YamahaYamaha YZF R1France Christophe Ponsson (#23)
Barni Racing TeamDucati Panigale V4 RSpain Tito Rabat (#53)
Motocorsa RacingDucati Panigale V4 RItaly Axel Bassani (#47)
MIE Racing Honda TeamHonda CBR1000 RR-R Leandro Mercado (#36)
Não anunciado

O Calendário da Temporada 2021

Se a totalidade do calendário for cumprida, serão treze etapas, iniciando em fins de abril. Todas as primeiras nove etapas, até os dias 02 e 03 de outubro, vão acontecer apenas na Europa.

Para todas as etapas europeias a SuperBike fará sua programação sempre nos horários abaixo, sempre na hora CET (+5h em relação ao Horário de Brasília):

  1. Superpole: sábados às 11:10h
  2. Corrida #1: sábados às 14:00h
  3. Corrida Superpole: domingos às 11:00h
  4. Corrida #2: domingos às 14:00h

» Confira a última versão o Calendário 2021:

#PaísCircuitoCategoriasData
1EspanhaAragónTodas22-23/05
2PortugalEstorilSBK + SSP29-30/05
3ItáliaMisanoTodas12-13/06
4InglaterraDoningtonSBK03-04/07
5HolandaAssenTodas24-25/07
6Rep. TchecaMostTodas07-08/08
7EspanhaNavarraSBK + SSP21-22/08
8FrançaMagny-CoursTodas04-05/09
9EspanhaCatalunhaTodas18-19/09
10EspanhaJerezTodas25-26/09
11PortugalAlgarveTodas02-03/10
12ArgentinaSan JuanSBK + SSP16-17/10
13IndonésiaMandalikaSBK + SSP13-14/11
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pitbabe_1.jpgO atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pitbabe_2-1.jpgConfira as fotos das Pit Babes do SuperSpeedway

1.717.291FJPB1.6.098

Link permanente para este artigo: https://www.esportesmotor.com/superbike-divulga-calendario-provisorio-para-2021/

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.