Vettel sai da Ferrari ao final de 2020

A Ferrari anunciou formalmente que o piloto Sebastian Vettel vai sair da equipe ao final da temporada de 2020, informando que foi uma decisão conjunta.

As notícias dessa notícia bombástica já circulava em sites de esportes do mundo todo na tarde/noite de ontem, e dá fim ao atual contrato de três anos do piloto alemão com a equipe italiana, e um relacionamento de seis anos.

Nesse período Vettel venceu 14 vezes e subiu ao pódio 54 vezes, chegando ao vice-campeonato por duas vezes (2017 e 2018).

O que se sabe é que a Ferrari teria oferecido à Vettel um contrato de apenas mais um ano, e com redução de salário – que seria o mesmo que ela paga à Charles Leclerc. Posteriormente ela teria oferecido um contrato de dois anos, mas com o mesmo salário da proposta anterior.

O tetracampeão recusou as duas propostas e a equipe não ofereceu nenhuma outra contraproposta.

O futuro do alemão está totalmente em aberto, mas sua ida para as grandes equipes da Fórmula 1 – Red Bull e Mercedes – parece praticamente impossível para 2021. Ou ele vai para uma equipe média, ou se retira da categoria definitivamente.

Especula-se que teria ofertas da McLaren e da Renault, sendo que de uma destas equipes poderá vir o seu substituto na Ferrari: Carlos Sainz (McLaren) e Daniel Ricciardo (Renault) são apontados como os mais fortes candidatos à vaga.

Este é um final inglório para Vettel na Ferrari. O piloto chegou a Maranello em 2015 com a missão de devolver a equipe aos títulos, um pouco à semelhança do que fez cerca de duas décadas antes seu compatriota Michael Schumacher.

Porém, a verdade é que Vettel nunca esteve apto a lutar verdadeiramente pelo título, apesar de dois vice-campeonatos, em parte por culpa de muitos erros estratégicos da equipe, mas também por falhas inacreditáveis do próprio piloto.

No ano passado, o jovem Charles Leclerc juntou-se a Vettel e rapidamente caiu na graça da Ferrari – e dos tifosi, torcedores fanáticos da escuderia do cavalinho rampante – com os seus resultados em pista – tanto que a equipe renovou com o monegasco, e com aumento de salário, até 2024, depois do monegasco bater o germânico no Mundial.

A saída, assegurou Vettel, tem a ver com a falta de vontade de ambas as partes continuarem juntos, e não pela questão financeira.

1.688.231FJPB1.101

Link permanente para este artigo: https://www.esportesmotor.com/vettel-sai-da-ferrari-ao-final-de-2020/

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.